sexta-feira, 24 de julho de 2009

PENSAMENTOS DE FELICIDADE



Quanto me encanta !
O som terno das águas como travessia
ao encontro do mar com o rio
traduzindo o êxtase de dois amantes
a buscar belos encantamentos
refletindo pensamentos de felicidade
entregando-se ao gozo de fazer o amor
sentindo o toque profundo
de abismos secretos
buscando o melhor de ti
e como perfume de mato verde
te dou o meu extraordinário
tendo de ti o teu sagrado
o casamento em forma de viver
instantes como lei.
Como me encanta...
Viver o amanhecer e lutar
por nosso anoitecer
vivendo ao toque de tuas mãos macias
como magia de notas sinfônicas
criadas e eternizadas.
Assim como letra de ouro que brilha
entreguemo-nos aos nossos corpos nus
como esperança do amanhã
para que nasça
o novo anoitecer.


Rachel Omena

8 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Entregar o corpo do amor dessa forma é sublime.

    Beijo grande, menina linda.

    Rebeca

    -

    ResponderExcluir
  3. Entregar o corpo do amor dessa forma é sublime.

    Beijo grande, menina linda.

    Rebeca

    -

    ResponderExcluir
  4. Como é primoroso chegar aqui em teu blog..Que teu sorriso brilhe como esta poesia que me enche a alma..

    ResponderExcluir
  5. Mulher como es um prémio para o sol,tua poesia me chega com muito prazer e glórias.

    ResponderExcluir
  6. Que lindo é ler-te Cristal ! É a dadiva de toda a maravilha e brilho

    ResponderExcluir
  7. Minha querida amiga sua poesia muito me alegra que perfeita literatura.Abraços

    ResponderExcluir
  8. Rachel é maravilhoso ler-te e me enche os olhos tuas maravilhas..beijos

    ResponderExcluir

Onde existe luz também existe sombras

Reticências

Reticências

Cristal de uma mulher!!!

Alma de poeta
coração de mulher,
por isso mesmo
vive a poesia
em sua magia
mais pura.

Tens também
por serdes
mulher-poeta
a sensibilidade
de um lírio
na pureza de
sua castidade.

A música mora
em seu coração
de natureza afroditiana,
a poesia em sua
forma mais liquida
dança devaneios
românticos em
sua alma feita
das fibras febris
da paixão.

Erotismo em
forma de mulher,
trovadora do
deleite sensual,
entoas em seus
lábios curvilíneos
os versos das canções
que exaltam o prazer
orgástico na sua mais
doce essência.

Cristal de uma mulher
onde as luzes do
regozijo da fêmea
o atravessam para
iluminarem o mundo
dos homens que delas
carecem desesperadamente.

Cisne branco que nada
soberbamente sob o
lago cristalino da
anima humana, pássaro
frondoso com canto de
sereia que arde em seu
peito encantando-me,
enquanto o escuto
e navego na nau das minhas
visões dionisíacas.

- ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS.
sexta-feira, 7 de junho de 2013