quarta-feira, 25 de novembro de 2009

NA PROFUNDIDADE DESTE AMOR


Canto teu corpo
e canto os teus gemidos
numa seara de caricias.
canto o teu grito, e
tua língua me afaga
Como febre dentro do ventre
corroendo prazer dentro do amor
encadeando nossos delírios
onde pertence a ti e a mim

Somos do barro moldado em mãos
suaves e lentas como algodão
na tua boca sou o sol
e destino que deleita

Mãos descobrindo grutas
nas larvas navegantes do teu toque sedento
sentimos as fragrâncias de nossos risos
num céu profano e secreto

Somos a via láctea
e não há muros erguidos
mais asas abertas de aconchegos
Nossos olhos ardem em êxtases
ao sabor do fruto e
do mel que brota da flor
numa febre que queima nossos paladares
e nos doa como vinho forte
onde suavemente nos rasgamos
E no glamour de mulher que sou
busca do amado gestos indolentes
 alma serena
conforto e laços fortes de amor
Na glória do nosso encontro
no hoje e no amanhã
no presente e o futuro
na santa cidade
de nosso encontro triunfal



Rachel Omena


44 comentários:

  1. Rachel
    maravilhoso poema...sensual.
    um beijo
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  2. Amiga Rachel.
    Quanta sensualidade num poema de amor. Isto é a verdadeira paixão, sem meias palavras. Lindo o poema, lindo é o amor.
    Beijos minha querida amiga
    Victor Gil

    ResponderExcluir
  3. Anda, amor; dá-me a tua mão!
    Passemos a ponte e vamos à fonte
    da devoção.

    O sol vai a monte!
    Passemos a ponte!
    Dá-me a tua mão...sente o coração!

    É lindo o passeio
    Deste nosso enleio.
    Saltemos! Corramos!
    Vamos pelas margens, nas nossas viagens!

    Nas margens do lago, onde agora estamos,
    É o teu afago, que diz onde vamos.

    O lago é o poiso do cavalo alado...
    Sinto-me voar, nesse teu olhar!

    Não posso fugir! Não quero cair!
    Tu estás a zelar, p´ra me proteger...

    ResponderExcluir
  4. Siempre te me pierdes preciosa..
    Un beso

    Bello poema.

    Es un placer acercarme a tu blog..

    Un abrazo
    Saludos fraternos..

    ResponderExcluir
  5. Me calo hasat los huesos este poema y entre versos pasionales me perdi...
    Precioso escribes muy lindo.
    Un abrazo

    ResponderExcluir
  6. Víctor é sempre uma caricia ter-te aqui comigo,obrigada por teu parecer...beijos

    ResponderExcluir
  7. Sonhadora minha bella amiga sempre muito carinhosa em meu espaço..meu beijo de luz

    ResponderExcluir
  8. Sandrocan que linda poesia o amor é acriança que enche os olhos dos pásaros e catam seus mistérios...Meu lindo amigo obrigada

    ResponderExcluir
  9. Rachel, vc sempre inedita, mas sempre tao acreditavel, falar sobre a criaçao de uma maneira tao linda ate nos faz pensar Deus como "amante" de algo maior que apenas nossas almas, falar dessa forma vc expoe a seduçao, expoe os corpos expoe os amores, expoe as paixoes.

    Sempre que aqui venho deixo um pedaço de mim e levo uma bagagem enorme de aprendizado e emoçao, Rachel vc sempre toca meu coraçao no ponto exato, e sempre fico aqui depois de ler imaginando coisas, desejando corpos e sentindo saudades de amores.

    E a vc deixo todo meu carinho e um grande beijo. te dolo poetiza.

    ResponderExcluir
  10. Oi amada tudo bom ? viajando pelo teu cantinho ,pra mim é uma viagem sempre prazerosa.Fica na paz.Beijos na alma.

    PENSE E REFLITA

    A vida coloca em nossos destinos pessoas e obstáculos,
    A cada obstáculo uma surpresa, as vezes estas surpresas são desagradáveis
    Basta saber lidar com esta situação e daremos a volta por cima.

    As pessoas que passam pelo nosso caminho deixam marcas,
    Algumas deixam marcas inesquecíveis e agradáveis de se lembrar
    E outras deixam marcas de dor e sofrimento, mas é só encará-las de frente.

    Superar situações é sinal de força e coragem,
    Mas as vezes começamos a nos decepcionar sem tentar seperá-las
    E nos damos por vencidos, mas levante a cabeça e encare todas elas com justiça e sabedoria.

    As vezes pensamos em desistir de tudo e de todos, e nos entregar de corpo e alma a uma pessoa,
    Mas pense bem, será que esta pessoa merece todo este sacrficio?
    Não haja por empulso, sempre pare, pense e reflita, com calma, justiça e sabedoria.

    Não deixe de lutar pelos seus ideais e pro tudo aquilo que você acha que é o certo a fazer...
    Nunca magoe uma pessoa, pois depois você pode ser magoado...
    Nunca deixe a inveja, mentira e ambição tomarem conta de você,
    lute contra as coisas que vão causar dor e sofrimento...

    Lembre-se sempre a vida é para ser vivida com cuidado e sabedoria,
    Aproveite para fazer as pazes com as pessoas que você teve algum desentendimento
    E nunca esqueça que você é a peça fundamental para fazer um mundo melhor para se viver..
    E a vida também é construída por você,
    então à construa da melhor maneira possível e não deixando imperfeições

    ResponderExcluir
  11. Lucimar meu bello amigo vc é meu anjo de luz com tantas palavras bonitas e provocativas ...rsrrsrs..me parece mui lindo mesmo....meu beijo

    ResponderExcluir
  12. Suely que bom que gostas sempre de vir aqui e me dar uma palavra de vai fundo neste negocio...obrigada amiga e também pelas palavras sabias ..meu beijo

    ResponderExcluir
  13. lindissimo poema.
    Saudades daqui, saudades de te ver por lá, apareça.
    Maurizio

    ResponderExcluir
  14. Oi,
    Cheira a poesia na veia!
    Vi apenas retribuir a visita..e aproveito a ocasiao para pedir desculpa por todo aquele circo que testemunhaste e, sobretudo, pela quantidade de palavras deploraveis.
    Voltarei para saborear os poemas.
    Um abraco.

    ResponderExcluir
  15. delícia de poema
    lindo e sensual esse seu lugar, adorei e aqui não fico sem voltar.

    bjos

    ResponderExcluir
  16. Docemente sensual...Amei!
    bjos no coração1

    ResponderExcluir
  17. Siempre es un triunfo el amor y el encuentro de dos cuerpos que se aman es la gloria, Rachel.
    Un beso, amiga

    ResponderExcluir
  18. Ô beleza dona moça, sim na profundida deste amor e mais além... kkkkkkkkk

    Seu coração retirou a burka e nos entregou em palavras todo sentimento da paixão e amor nos desejos e quereres, onde, se vai do brando fogo inicial ao infinito dos delírios, oi que bom! kkkkkkk

    Porreta a poesia, a menina sabe das coisas!

    bjs
    O Sibarita

    ResponderExcluir
  19. WaUUUU que bello poema lleno de intensa pasion, desbordante de tantos deseos que afloran es esta bella poesia, da ganas de ir a por tu chico y hacerlo todo real...
    Feliz fin de semana
    Con cariño
    Mari

    ResponderExcluir
  20. Olá boa tarde
    Gostei muito dae ler o teu texto romantico

    Um bj e um bom fim de semana

    ResponderExcluir
  21. Un placer leerte..
    Es un bello post el que nos entregas..

    Un beso

    Un abrazo
    Saludos fraternos..

    Que disfrutes de tu fin de semana...

    ResponderExcluir
  22. oi amada tudo bem? adorei o poema,parabéns.passando pra fazer uma visitinha e dizer que tem um selinho pra você no meu cantinho http://suelyejose.blogspot.com/ espero que goste.fica na paz,beijos na alma.

    ResponderExcluir
  23. qual o email que vc usa, manda pra mim
    eu estou mandando o convite para
    ( rachel-omena@hotmail.com )
    se for esse , já reenviei.
    se não for, mande para
    m.bersani@hotmail.com

    ResponderExcluir
  24. BOM tarde, amiga.
    Antes de mais nada estou aqui para agradecer a visita e seu comentário tão significativo para mim. Eu ando um pouco ausente, minha conexão anda péssima, lentíssima. Como já havia dito, eu moro dentro de um pedacinho da mata Atlãntica e o sinal aqui é muito dificultoso. Além do mais, com toda essa chuva que tem caído tenho mantido o meu computador desligado por conta dos raios, já queimei uma televisão por causa disso, aqui não tem pára-raios ( agora vê, acostumada com cidade grande, achei que no mato poderia existir um pára-raio - só eu mesma). Espero que compreenda as diversas limitações de quem escolheu viver no mato.
    Hoje eu trago uma história bem legal, por um acaso sabe onde fica a tal casa-da-mãe-joana? Então vá até lá conferir.
    A medida do possível vou colocando as histórias, com a lentidão de sempre.
    FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... agradece mais uma vez a sua visita esperando que volte sempre.
    BOM DOMINGO.
    Saudações Florestais !
    http://www.silnunesprof.blogspot.com

    ResponderExcluir
  25. Fiquei muito feliz com sua visita querida.
    Voce não vê meus posts porque precisa clicar em SEGUIR la na frente do blog.
    Te espero.
    Adoro seu cantinho.

    Bj

    ResponderExcluir
  26. Cristal! Eu realmente gostei, é maravilhoso! uma imagem nítida do amor consumado.
    Obrigado por visitar, nós estamos vendo. Cariños!

    ResponderExcluir
  27. Inomináveis Saudações, Rachel Omena.

    Brilhantes versos, comparáveis apenas à força do Sol a toda estrutura do cair deste em raios pulverizantes de sombras e mágoas. Teus versos, Senhora, são tão quentes como o Astro-Rei, aqui a Poesia Solar vibra em uníssono com o Espírito, o Corpo e o Ser.

    Ultimamente tenho encontrado na Internet excelentes escritores! A Senhora está entre estes!

    Saudações Inomináveis, Rachel Omena!

    ResponderExcluir
  28. Muchas gracias por visitar micasa y dejar un comentario tan cariñoso, eso me ha permitido encontrarte, lo cual es un auténtico placer.
    Poesia sensual y bellísima.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
  29. ¡Aaaaay de la pasión desencadenada!
    Bellísimo poema que rescata desde el fondo del deseo, las imágenes más ardientes y más espectaculares...

    Besos.

    ResponderExcluir
  30. Porque será que os pássaros
    Cantam na partida do dia
    Porque será que um amante ausente
    Fica de alma apertada, vazia?

    Porque será que as ondas lamentam
    Em sussuros de sal no areal
    Porque será que as rezas são feitas
    Para correr para o longe o perverso mal?


    Boa semana


    Doce beijo

    ResponderExcluir
  31. Oi minha amada não consigo entrar no teu msn,mais faz o seguinte:clica em cima do gif e salva na pasta que você escolher e depois coloca no blog é que este gif peguei sem endereço vi em algum lugar e cliquei em cima e postei no blog kkkk,espero que tenha ajudado ,estou a seu dispor. Fica na paz.Beijos na alma

    ResponderExcluir
  32. A tua visita perfumou o Chá das Cinco,nada melhor do que ter alguém especial no nosso espaço.
    As tuas poesias embalam o amor!

    Bjs minha querida
    Gemária Sampaio

    ResponderExcluir
  33. Muy bellas y sentidas tus palabras.

    Un abrazo desde el ocaso.

    ResponderExcluir
  34. Agradeço o desdtaque, Senhora.

    Tens algum livro publicado?

    ResponderExcluir
  35. Hoje amanheci com essa música na cabeça e resolvi compartilhar...

    http://www.youtube.com/watch?v=MJfQXS1hKDo

    Depois de um dia estafante, essa música sempre acalma.

    Que sua quarta seja de luz, menina linda do meu coração.

    Rebeca

    -

    ResponderExcluir
  36. Prontinhoooooo...
    Já podes secar tuas lágrimas de saudades de mim,colocar um sorriso nesses lábios lindos,deixar que teus olhinhos faísquem de felicidade porque TEU RAIO DE SOL(que sou EEEUUUUUUUUU)voltou!!!!!!!!!!!
    Eu sei que faço uma falta enorrrrrrrrrrrrrrrrme em tua vidinha...por isto demorei um pouquinho mais para aparecer...só para que tu pudesses avaliar o quanto eu sou importante para ti...masssssss...não mais do que TU és para mim!!!!!!!!
    Agora chega de te dizer e dar a entender que quem não consegue mais viver sem TU...sou EU!!!
    Eu vou,mas volto voando quando der...
    Beijos pra tu,meu tatuzinho!!!!!

    ResponderExcluir
  37. Cuanta ternura y sensualidad en tus palabras , todo inspirado por el amor,me encantó.
    Un beso.

    ResponderExcluir
  38. OLÁ QUERIDA RACHEL, BELÍSSIMO POEMA, ONDE A SENSUALIDADE SE MISTURA COM O AMOR E A PAIXÃO...
    SUBLIME POESIA...!
    PARABÉNS!!!
    ABRAÇO DE CARINHO,
    FERNANDINHA

    ResponderExcluir
  39. Crista que bom minha amiga que voltou..Logo sinto a falta de tu que sempre tem palavras lindas de viver para meus escritos e como pessoa eu te admiro muito...rsrsrs
    gracinha
    meu beijo de luz

    ResponderExcluir
  40. Disse William Shakespeare:
    "Quando fala o amor, a voz de todos os deuses deixa o céu embriagado de harmonia."

    E, assim faz você...Embriaga o céu, os deuses e a mim pobre mortal!
    Lindo, perfeito seu poema.


    Beijos confessos...

    ResponderExcluir
  41. oi amada tudo bem ? consegui te ajudar? espero que sim ,.um ótimo fim de semana que a espiritualidae te acompanhe,beijos na alma

    ResponderExcluir
  42. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  43. This website was... how do I say it? Relevant!
    ! Finally I've found something that helped me. Thanks!

    Feel free to surf to my weblog ... 賡is

    ResponderExcluir

Onde existe luz também existe sombras

DE SUA POESIA

Afortunados são os que tem a capacidade de escrever poesia e fazer seu outro oficio,e também são aqueles que o leem e constroem um refugio onde refrescam seu espírito com a bebida gratificante de palavras e sentimentos, que eleva seu espírito até um céu limpo de nuvens onde só brilha a luz de sua inspiração. Uma obra de arte é boa se há nascido ao impulso de uma íntima necessidade.

Precisamente neste seu modo de engendrar-se radica e estriba o valor da poesia, porque explora as profundidades de onde mana a vida. Alí radica a historiada beleza da poesia, a que coabita o humano e para o humano, a que vá escrevendo paralelamente a história da humanidade. E neste ordenamento perfeito do caos, que antecede a beleza e se concebe a grandiosa poesia.

Muitas vezes me perguntei em meio destes desvelos que me perseguem e que me anuncia a aparição da palavra ¡ Que misteriosos meios, de sopros desconhecidos e germinais movem a este grupo de pessoas a resgatar ”tempo do tempo” para acudir inverno e verão, embaixo da chuva persistente ou um sol que transpassa, a cumprir com uma missão irredutível de escrever poesia.

È muito difícil dar uma opinião sobre o proveito da poesía individualmente; depende de fatores particulares do poeta. Pode ser a concreção de uma necessidade essencial, uma maneira de ver e mostrar o mundo, uma maneira de sentir junto com outros. Do que vou fazer, fazendo este prólogo deste trabalho solitário, silencioso e inspirador que realiza a escritora brasileira Rachel Rocha Omena (Maceió Alagoas). Recebedora deste portentoso mistério, onde recolhe a beleza que sente seu espírito, traslada a palavras com sua máxima expressão . Em cada um de seus poemas nos demonstra que a poesia é como a água que sustenta a terra. Porque atrás da palavra está o sopro poético, e a sombra invisível que forma a arquitetura das paisagens interiores do homem, que constitui a verdadeira essência do ser, que se cobre e dialoga dentro de nós mesmos.

A poesia é a instauração do ser com a palavra. Exatamente é assim. O cristal de uma mulher se transforma e se converte em beleza . Nos eleva ao universo que para a escritora é como uma infinita galeria de arte , de pequenas e grandes obras maestras que sustentam o frágil e as vezes o miserável espectro de nossas realidades. Sente em cada verso a necessidade de ligar e conciliar o mundo com o universo onde habita a harmonia como pedra angular da beleza . Levando a poetisa a estabelecer seu mundo desde onde inicia a construção de seu próprio edifício para abrir a janela das escuridões para a luz, a elevação do cotidiano as comarcas da beleza, assim, a chuva sobre o jardim, o cantar dos insetos nas noites, a espuma e o cheiro do mar ao romper na praia , o aroma do pão ao ser cozido, o homem urbano e seus fantasmas diários, o amor, a ternura, a alegria, todas as pequenas e grandes coisas que fazem uma alma ir repetível poético . Rachel Rocha Omena é uma das escritoras mais peculiares da nova literatura de Alagoas. De versos amatórios vibrantes por seu romantismo e por sua perpetua forma de amar. Leve como suspensa no tempo, os textos e a paisagem. Narrativo do amor que nos transmite laboriosa a cultura das palavras, nos produz o encanto e a serenidade que somente emerge de uma constante harmonia interior.

Há uma linguagem plena de desfrutes do carinho, da generosidade de compartilhar sentimentos , que faz que aflore em cada um dos leitores sentimentos e emoções que voam como uma pluma para os profundos e misteriosos filtros do amor. Esta é a ação e reação alquímica que produz fascinação e fará que nos cerque como espectadores a seu poema a cada momento.

O mérito a sua poesia é como se saíram cristais de sua boca. Palavras de cristais, que encandeiam e encantam e caem no resplendor da memória do leitor. Tem uma trajetória poética pela precocidade e a intensividade e que vence assim a diáspora do tempo nesta terra que há deixado a seus cantores da palavra.

Sua melhor qualidade reside em ser o centro mesmo da claridade e as inspirações do homem, de seu abismo e de seus sonhos mais altos.


Víctor Manuel Guzmán

Maceió Alagoas, 11 de janeiro del 2011

Reticências

Reticências

Cristal de uma mulher!!!

Alma de poeta
coração de mulher,
por isso mesmo
vive a poesia
em sua magia
mais pura.

Tens também
por serdes
mulher-poeta
a sensibilidade
de um lírio
na pureza de
sua castidade.

A música mora
em seu coração
de natureza afroditiana,
a poesia em sua
forma mais liquida
dança devaneios
românticos em
sua alma feita
das fibras febris
da paixão.

Erotismo em
forma de mulher,
trovadora do
deleite sensual,
entoas em seus
lábios curvilíneos
os versos das canções
que exaltam o prazer
orgástico na sua mais
doce essência.

Cristal de uma mulher
onde as luzes do
regozijo da fêmea
o atravessam para
iluminarem o mundo
dos homens que delas
carecem desesperadamente.

Cisne branco que nada
soberbamente sob o
lago cristalino da
anima humana, pássaro
frondoso com canto de
sereia que arde em seu
peito encantando-me,
enquanto o escuto
e navego na nau das minhas
visões dionisíacas.

- ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS.
sexta-feira, 7 de junho de 2013