sábado, 7 de novembro de 2009

TENHO SEDE QUERO BEBER DO TEU AMOR


Você tem o tamanho certo
como tudo que é feito até o fim
um aroma ousado que se infiltra
dentro de meus desejos infinitos
tua pele em minha pele
tua língua em minha língua
teu sexo na minha mão
tua mão em meus mistérios
em atitudes ousadas
me fazendo beber
saciando a sede


Meu corpo baila
na sede de minhas entranhas
quero te sentir dentro de mim
para me esconder dentro de ti
que seja parte de mim
e na mistura de nossos sucos
teremos mais sede de nossas essências
germinada de sonhos


Quero ser vencida, invadida
eterna, descoberta, enlaçada
estreitando as valas deste amor
onde só existe você e eu
desafiando o entendimento
calmo e eufórico
na chama ardente
e em minha sede
és a gota que sacia
meus lábios sedentos
mais guardado
dentro de tua boca
eternamente

e
mais
uma vez
dormirei dentro de ti


Rachel Omena



Reticências

Reticências

Cristal de uma mulher!!!

Alma de poeta
coração de mulher,
por isso mesmo
vive a poesia
em sua magia
mais pura.

Tens também
por serdes
mulher-poeta
a sensibilidade
de um lírio
na pureza de
sua castidade.

A música mora
em seu coração
de natureza afroditiana,
a poesia em sua
forma mais liquida
dança devaneios
românticos em
sua alma feita
das fibras febris
da paixão.

Erotismo em
forma de mulher,
trovadora do
deleite sensual,
entoas em seus
lábios curvilíneos
os versos das canções
que exaltam o prazer
orgástico na sua mais
doce essência.

Cristal de uma mulher
onde as luzes do
regozijo da fêmea
o atravessam para
iluminarem o mundo
dos homens que delas
carecem desesperadamente.

Cisne branco que nada
soberbamente sob o
lago cristalino da
anima humana, pássaro
frondoso com canto de
sereia que arde em seu
peito encantando-me,
enquanto o escuto
e navego na nau das minhas
visões dionisíacas.

- ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS.
sexta-feira, 7 de junho de 2013