sábado, 30 de janeiro de 2010

ANJO DE PEDRA

Sete noites
e sete estrelas
nosso segredo
e nossos pedidos
As noites frias eram testemunha selada
dos ocultos desejos que acreditávamos
no existir nossos sonhos de amor
Eu via em teus olhos o brilho de cada estrela
que dançavam como luz por sabermos
que éramos " um, "
naquele universo radiante
Os olhos da lua vigiava nossos passos
aliviando os nossos movimentos
sentindo as pulsações dos coração
As nossas almas eram unidas 
por uma cumplicidade eterna
e no silêncio e na calma
o dia amanhecia nossas noites
Em ti existia um mundo escondido
e eu precisa encontrar o sentido
para te escrever na plenitude de minha alma
Tu ! Um anjo de pedra
o dia e a noite
a solidão e as dores
Sei que me amas assim como te amo
porque hoje eu ocupo a luz de tua vida
e de tuas esperanças
Hoje as noites já são quentes
e as estrelas nos esperam
para agradecer as noites que juntos
as contemplamos



ANGEL DE PIEDRA

Ángel de piedra
Siete noches
Y siete estrellas
nuestro secreto
y nuestros pedidos
Las noches frías eran testimonio sellado
de los ocultos deseos que creíamos
por existir nuestros sueños de amor
Yo veía en tus ojos el brillo de cada estrella
que danzaban como luz por saber
que éramos "uno"
en aquel universo radiante
Los ojos de la luna vigilaban nuestros pasos
adivinando nuestros movimientos
sintiendo las pulsaciones del corazón
Nuestras almas eran unidas por una complicidad eterna
y en el silencio y en la calma
el día amanecía nuestras noches
En ti existía un mundo escondido
y yo precisaba encontrar el sentido
para escribirte en la plenitud de mi alma
Tú! Un ángel de piedra
el día y la noche
la soledad y los dolores
Sé que me amas así como yo te amo
porque hoy yo ocupo la luz de tu vida
y de tus esperanzas
Hoy las noches ya son calientes
y las estrellas nos esperan
para agradecer las noches en que juntos
las contemplaremos

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

O ESPOSO FALA PARA A SUA DEUSA


Desde o princípio quando com você sonhava
desde o momento em que os meus olhos levantei
nos dias em que sozinha eu estava
foi quando o seu olhar no meu se encontrou




Soube que me amava e entendi
que você buscava mais de mim
e que a muito tempo me esperou
então cheguei
Eu já não podia resistir
e com um beijo e com amor
te entreguei meu coração
eu me apaixonei




E quando longe eu estava
percebi que o teu carinho e o teu amor
eram para mim como um sussurro
ouvi tua voz no meu silêncio
você me chamando cada dia mais pra ti
Estou Aqui



EL ESPOSO CANTA UNA CANCIÓN PARA SU DIOSA


Desde el principio cuando soñaba contigo
desde el momento en que mis ojos levanté
en los días en que solita estaba
fue cuando tu mirada en la mía se encontró


Supe que me amaba y entendí
que tú buscabas más de mí
y que mucho tiempo me esperaste
entonces llegué
Yo ya no podía resistir
y con un beso y con amor
te entregué mi corazón
Yo me enamoré
Y cuando lejos yo estaba
percibí que tu cariño y tu amor
eran para mí como un susurro
oía tu voz en mi silencio
tú llamándome cada día más hacia ti
Estoy aquí



Rachel Omena

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

COMUNHÃO ETERNA


Seja breve a eternidade deste mar
meu olhar pausa e anuncia
o encontro com o nosso tempo
viajando num horizonte longínquo
 conduzindo a um repouso iluminado
em belas e cálidas tardes de verão
Fazendo versos de tuas palavras
faço melodias de teus encantamentos
e perdida neles dorme minha alma
mergulhada no oceano de nosso destino
Levito na ciranda que aquece o sol
sendo tu a extensão de meus olhos
horas passam, dias correm
e conduz a nossa história
acordando nos arcos de teus abraços
e superando o impossível
aguardando a volta de um novo amanhecer


terça-feira, 12 de janeiro de 2010

UMA PONTE AO AMOR


Voarei a terra de tua alma
porque ali encontrarei meus sentidos
Voarei sobre o céu de teus olhos
porque ali encontrarei minha paz
Voarei aos teus dias
porque ali eu te amarei
Voarei a teus laços
porque dali jamais sairei

E quando ali eu chegar
Serei o sentido para tu viver
Serei a paz e o teu céu
Serei os teus dias no nosso encontro
Serei a paz de tua meditação
Serei o amor que tu sempre esperou
Serei os teus braços
Serei tuas mãos
Serei aquela que sacia teus desejos
Serei a rosa que você me oferta
Serei tua champanha e teu licor
Serei a mulher do teu sexo
Serei a flor gloriosa de teus êxtases
Serei um ritual dentro de teu sangue
Serei a fonte de teus sentimentos
Serei a guardiã de teu sono
Serei a fada de teus sonhos
Serei as sementes para colher teus instantes
Serei desde ti e serei para ti
Serei sempre a tua poesia
Serei o teu passado e o teu presente
Serei eu a que eleva os teus momentos e a tua felicidade.



Un puente al amor 


Volaré a la tierra de tu alma
porque allí encontraré mis sentidos
Volaré sobre el cielo de tus ojos
porque allí encontraré mi paz
Volaré a tus días
porque allí te amaré
Volaré a tus lazos
porque de allí jamás saldré
  Y cuando allí yo llegue
Seré el sentido para que tú vivas
Seré la paz y tu cielo
Seré tus días de nuestro encuentro
Seré la paz de tu meditación
Seré el amor que tú siempre esperaste
Seré tus brazos
Seré tus manos
Seré aquella que sacia tus deseos
Seré la rosa que tú me ofreces
Seré tu champaña y tu licor
Seré la mujer de tu sexo
Seré la flor gloriosa de tus éxtasis
Seré un ritual dentro de tu sangre
Seré la fuente de tus sentimientos
Seré la guardiana de tu dormir
Seré el hada de tus sueños
Seré las semillas para tomar tus instantes
Seré desde ti y seré para ti
Seré siempre tu poesía
Seré tu pasado y tu presente
Seré quien eleve tus momentos y tu felicidad. 

segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

MI HOMBRE MUCHO AMADO



Déjame que esparza
manzanas en tu sexo
néctares de mango
carne de fresa
tu cuerpo son todas las frutas
te abrazo y corren las mandarinas
te beso y todas las uvas sueltan
el vino oculto de su corazón
sobre mi boca
mi lengua siente en tus brazos
el zumo dulce de las naranjas
y en tus piernas el promegranate
esconde sus semillas incitantes
déjame que coseche los frutos de agua
que sudan en tus poros
mi hombre de limones y duraznos
dame a beber fuentes de mel
ocotones y bananos racimos de cerezas
tu cuerpo es el paraíso perdido
del que nunca jamás ningún dios
podrá expulsarme

rachel omena

sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

ROSA DOS VENTOS


Tarde fecunda de nostalgia
versos escritos de esperança
porto que abriga o silêncio
construído em castelos de carinho
e em pensamentos que pode ser sentimentos
num mundo que desnorteia a direção


Intensidade e força surge dos momentos
onde a vida se encontra com a morte
e em seu manto escuro de solidão
eu posso lhe falar de uma luz que brilha
e em uma canção que semeia rosas
onde fortificam-se novas vidas


Correndo pela areia da vida
traçando lutas com o tempo
a alma não se cansará de brotar o amor
rompendo fronteiras para falar do sol
e dos desejos acalentados pela alegria
onde os sonhos andam de mãos dadas
caminhando para um infinito alvorecer

Rachel Omena

Reticências

Reticências

Cristal de uma mulher!!!

Alma de poeta
coração de mulher,
por isso mesmo
vive a poesia
em sua magia
mais pura.

Tens também
por serdes
mulher-poeta
a sensibilidade
de um lírio
na pureza de
sua castidade.

A música mora
em seu coração
de natureza afroditiana,
a poesia em sua
forma mais liquida
dança devaneios
românticos em
sua alma feita
das fibras febris
da paixão.

Erotismo em
forma de mulher,
trovadora do
deleite sensual,
entoas em seus
lábios curvilíneos
os versos das canções
que exaltam o prazer
orgástico na sua mais
doce essência.

Cristal de uma mulher
onde as luzes do
regozijo da fêmea
o atravessam para
iluminarem o mundo
dos homens que delas
carecem desesperadamente.

Cisne branco que nada
soberbamente sob o
lago cristalino da
anima humana, pássaro
frondoso com canto de
sereia que arde em seu
peito encantando-me,
enquanto o escuto
e navego na nau das minhas
visões dionisíacas.

- ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS.
sexta-feira, 7 de junho de 2013