sexta-feira, 18 de junho de 2010

REFÚGIO DE UM SONHO REAL


Os dias passam e minha esperança é renovada
e a cada manhã vou até a janela de meu quarto
ouvir o canto de um pássaro que me desperta para um novo dia
Encontro no refúgio de minha vida o meu silêncio
onde desperto do sonho para a realidade
de não vestir o tempo de ansiedade e nem criar paredes fechadas
E no azul das correntezas de meus pensamentos
a cada deriva eu vou me ungindo de aromas
correndo para rua e sentindo a presença do ar me envolvendo os sentidos
revolucionando um ponto de partida para desarmar o céu
e esperar em um porto para navegar meu olhar nas altas marés


buscando a cada momento a sua presença para embriagar-me
na alegria de ver em seu rosto o sorriso atado a minha esperança
E quanto mais eu te necessitar mais chegarás em minha vida
e o nosso amanhã estará na mesma janela com o mesmo pássaro
para encontrarmos respostas para todo o desejo de viver nós dois
com a realidade dos sonhos buscarmos neste amor todas as suas caricias
para que o tempo pare o ar e o teu abraço seja capaz de abraçar a minha alma.


Rachel Omena

REFUGIO DE UN SUEÑO REAL


Los días pasan y mi esperanza es renovada
y cada mañana voy a la ventana de mi cuarto
escucho el canto de un pájaro que me despierta a un nuevo día
Encuentro en el refugio de mi vida mi silencio
donde despierto del sueño a la realidad
de no vestir el tiempo de ansiedad ni cerrar con muros
Y en el azul de las corrientes de mis pensamientos
en cada devenir me unjo de aromas
corriendo a la calle y sintiendo la presencia del aire envolviendo mis sentidos
revolucionando el punto de partida para desarmar el cielo
y esperá en un puerto para navegar mi mirada en altas mareas
buscando a cada momento su presencia para embriagarme
en la alegría de ver en su rostro la sonrisa atada a mi esperanza
saberlo que cuanto más te necesito más llegarás a mi vida
y nuestro mañana estará en la misma ventana con el mismo pájaro
para que encontremos las respuestas para todo deseo de vivir los dos
con la realidad de los sueños buscando en este amor sus caricias
para que el tiempo se detenga el aire y tu abrazo sea capace de abrazar mi alma

sexta-feira, 11 de junho de 2010

MEU ETERNO NAMORADO



Quando as rosas se calam 
os jardins sonham com o amor deste homem
Sonha que sou uma arvore plantada em seu coração
 e que chegou a hora de uma silenciosa metamorfose
a celebração de um ritual dentro de um tempo
um tempo de um amor quando o coração fala
é 
urgente
viver


Rachel Omena


MI ETERNO ENAMORADO


Cuando las rosas callan
los jardines sueñan con el amor de este hombre
Sueña que soy un árbol plantado en su corazón
y que llego la hora de una silenciosa metamorfosis
la celebración de un ritual dentro de un tiempo
un tiempo de un amor cuando el corazón habla
es
urgente
vivir


quinta-feira, 3 de junho de 2010

PACTO DE AMOR


 Escuto o som da voz de quem amo
Uma voz que em forma de música ferve meu sangue

 Tenho fome de seus beijos para saciar meu equilíbrio
 E em seus desejos febris sou sua fome saciada

 Amo as tuas mãos trêmulas por ter-me terra fecunda
 Meu pacto seduz o seu silêncio dentro de minha alma
 Orvalho de minhas madrugadas insanas de perfeição



Pacto de Amor

 Yo escucho el sonido de la voz de quien amo
 Oh ! una voz que en forma de música hierve mi sangre

 Tengo hambre de sus besos para saciar mi equilibrio
En sus deseos febriles soy su hambre saciada

  Amo tus temblorosas manos por hacerme tierra fértil
Mi pacto seduce tu silencio dentro de mi alma
Osado rocío de mis madrugadas locas de perfección

Reticências

Reticências

Cristal de uma mulher!!!

Alma de poeta
coração de mulher,
por isso mesmo
vive a poesia
em sua magia
mais pura.

Tens também
por serdes
mulher-poeta
a sensibilidade
de um lírio
na pureza de
sua castidade.

A música mora
em seu coração
de natureza afroditiana,
a poesia em sua
forma mais liquida
dança devaneios
românticos em
sua alma feita
das fibras febris
da paixão.

Erotismo em
forma de mulher,
trovadora do
deleite sensual,
entoas em seus
lábios curvilíneos
os versos das canções
que exaltam o prazer
orgástico na sua mais
doce essência.

Cristal de uma mulher
onde as luzes do
regozijo da fêmea
o atravessam para
iluminarem o mundo
dos homens que delas
carecem desesperadamente.

Cisne branco que nada
soberbamente sob o
lago cristalino da
anima humana, pássaro
frondoso com canto de
sereia que arde em seu
peito encantando-me,
enquanto o escuto
e navego na nau das minhas
visões dionisíacas.

- ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS.
sexta-feira, 7 de junho de 2013