domingo, 27 de fevereiro de 2011

CONTINÊNCIA ENTRE O AMOR E A VIDA


Ressuscitaria eu estando no ventre da morte?
Ou gritaria eu pelos ramos da vida eterna?
Quero das duas a sinfonia dos céus
 como voo de pardais e
sussurros de arvores ao renascer 
suas folhas a cada amanhecer
Cruzar seu brilho como aroma
 de bosque que destila pétalas de cristais
numa harmonia que passeia feliz
 brancos jasmins ofuscado de ouro e prata
Uma vida vasta que caminha
 entre largas montanhas verdejantes
impregnando uma sabia continência
 entre fios tingidos de palavras amorosas
entre sintonias e poesias
 que adormecem no seu repouso 
dentro do meu universo
e de sua voz canto de alegria
 que voa sobre mim como uma figura que sonha
reconhecendo que o amanhã será
 o eco potente entre eu e você

CONTINENCIA ENTRE EL AMOR Y LA VIDA


Resusitaria yo estando en el vientre de la muerte?
O gritaría yo entre las ramas de la vida eterna?
Quiero de las dos sinfonías de los cielos 
como un vuelo de gorriones
 y susurros de árboles al renacer sus hojas en cada amanecer
Cruzar su brillo como aroma de bosque 
que destila pétalos de cristal
en una armonia que pasea feliz
 por jazmines blancos eclipsados de oro y plata
Una vasta vida que camina entre verdes montañas
impregnando una sabia continencia
 entre hilos teñidos de palabras amorosas
entre sintonías y poesías que adormecen
 en el reposo entre mi universo
y de su voz canto de alegria que vuela 
sobre mí como una figura que sueña
reconociendo que el mañana 
será el potente eco entre tú y yo



15 comentários:

  1. Raquel,

    Tão belos versos!



    ...de palavras amorosas
    entre sintonias e poesias que adormecem no seu repouso dentro do meu universo


    Gostei muito da tua poesia, do teu blog!
    .

    ResponderExcluir
  2. Que lindo teu blog, menina! Ameeeei!
    Bjkas, muitas!

    ResponderExcluir
  3. "Repouso entre sintonias e poesias que adormecem no seu repouso..."

    TOCANTE...QUE SEU UNIVERSO SEJA PLENO DE POESIA E AMOR.

    Tenha um bom fim de semana.

    :)) Beijossssssssss com muito carinho

    ResponderExcluir
  4. Uma bela e sutil maneira de ver a vida, Rachel.
    Muito bem cuidado blog, valeu a pena a sua construção.
    E a dona é uma linda mulher!

    Carinho,
    Jorge

    ResponderExcluir
  5. Belissimo poema amiga...
    Entre o amor e a vida...
    Como sobreviver sem esses dois que são sinonimos?
    Bjos achocolatados

    ResponderExcluir
  6. UNO DE TANTOS
    Soy el verso nacido de tus besos, la rima que te ronda y te sigue como sombra,
    la noche de luceros que te canta desde lejos,
    el sol que muere y el poema que te envuelve,
    el que en letras te penetra,
    ese ser imaginario que llevas en tu mente,
    el de la suave copla que sientes por tu vientre,
    aquel que en la alborada en sueños quema tus entrañas y en tus noches más oscuras guarda para ti mil lunas.
    El extraño intangible que nunca habrás de conocer, un loco que se sintió poeta y en tu vida quiso aparecer.......

    Si te gusta la poesía te invito a mi página a escuchar y leer algo de la mía. Sería un honra tu visita.
    Aquí mis mejores deseos, con todo respeto.

    ResponderExcluir
  7. Hermosa poesia.
    El mensaje de amor viaja a travez del bosque y las montañas, llevando el mensaje de amor a sus oidos, mensaje de un amor que promete un futuro feliz, fresco como el rocio del amanecer.

    ResponderExcluir
  8. Olá minha linnnnnda.Saudades de tu menina!!!
    Eu sei,também ando sumida mas estou voltando aos pouquinhos e com casa nova rs.
    O meu outro blog deixei para recordações,eu fiz outro.
    http://perolamarinhadois.blogspot.com/
    Seja bem vinda amada.
    Teus poemas vibra paixão,sedução e muito amor.As mistura perfeitas para uma viagem alucinante de prazer.
    Parabénssssssssssssss.

    ResponderExcluir
  9. Tu poesía, mi querida Cristal, suena a música, una música tan armónica que llega a estremecer los sentidos.
    Un besito desde mi Jardín.

    ResponderExcluir
  10. hola Rachel,
    mi cristalito brillantino,
    mi munequita linda,
    mi Blondine,

    un placer pasar por tu blog y admirar tus bellos escritos.

    Pasa por mi blog Recuerdos de Amor a recoger el Premio a los Poetas


    un beso^^

    ResponderExcluir
  11. VISITEI SEU CANTINHO E FIQUEI APAIXONADA E MUITO LINDO PARABENS E TBEM ME TORNEI SUA SEGUIDORA QUERIA TE OFERECER UM SELINHO QUE ESTA POSTADO NO INICIO DO MEU BLOG ESPERO QUE GOSTE FIZ COM MUITO CARINHO PARA ESES CANTINHO MAGICOS BJOS MARCIA

    ResponderExcluir
  12. Cristal de mulher: Para mim as mulheres independente da sua idade são um Cristal dos mais maravilhosos que há, meu geito de tratar a mulheres é por meninas, ou por minhas eternas e doces flores que inclui as minhas amigas/os a partir de agora passas a fazer pparte deste meu jardim de lindas flores, adorei visitar teu blog e vou seguir.
    Um beijo doce no teu coração:
    Santa Cruz

    ResponderExcluir
  13. Nuestra mente es un instrumento maravilloso. Así lo demuestra la poeta con esta bella creación poética, que con su sensible penetra en el alma de los corazones enamorados que resisten al tiempo y al asedio de las circunstancias, pero que al final triunfa en el florido acto de amar.

    ResponderExcluir
  14. Quero das duas a sinfonia dos céus
    como vôo de pardais e
    sussuros de arvores ao renascer"
    O teu poema é lindo. Parabéns pelo teu talento poético.
    Raquel, querida amiga, tem uma boa semana.
    Beijo.

    ResponderExcluir

Onde existe luz também existe sombras

Reticências

Reticências

Cristal de uma mulher!!!

Alma de poeta
coração de mulher,
por isso mesmo
vive a poesia
em sua magia
mais pura.

Tens também
por serdes
mulher-poeta
a sensibilidade
de um lírio
na pureza de
sua castidade.

A música mora
em seu coração
de natureza afroditiana,
a poesia em sua
forma mais liquida
dança devaneios
românticos em
sua alma feita
das fibras febris
da paixão.

Erotismo em
forma de mulher,
trovadora do
deleite sensual,
entoas em seus
lábios curvilíneos
os versos das canções
que exaltam o prazer
orgástico na sua mais
doce essência.

Cristal de uma mulher
onde as luzes do
regozijo da fêmea
o atravessam para
iluminarem o mundo
dos homens que delas
carecem desesperadamente.

Cisne branco que nada
soberbamente sob o
lago cristalino da
anima humana, pássaro
frondoso com canto de
sereia que arde em seu
peito encantando-me,
enquanto o escuto
e navego na nau das minhas
visões dionisíacas.

- ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS.
sexta-feira, 7 de junho de 2013