sexta-feira, 13 de agosto de 2010

UMA JÓIA PRECIOSA

Vestida de cristal eu idealizo meu corpo
vestido de mirra para receber o sonho
um pacto... uma ciência ...




Uma pérola solitária encontrei

no leito do rio de meu coração
impetuosa e febril eu
rasguei as amarras de meus sentimentos
para pingar um céu de estrelas livres
dentro dos olhos de minha alma
A pérola ao longo de seu caminho
rasgava sua impetuosa fama
nas correntezas de seu mundo encantado
que era só seu
Fui ao encontro de um mundo e ali era fundo e
muitas vezes voltava a meu mundo em busca
da luz para mergulhar dentro daquele mundo
que eu tanto buscava e queria para mim

Hoje eu tenho este mundo e sou o seu mundo
nos encontramos por fim e somos fecundo
Estou dentro de um arco ires brilhante
como joia preciosa eu sou cristal.



UNA JOYA PRECIOSA

Vestida de cristal yo idealizo mi cuerpo
vestido de mirra para recibir el sueño
un pacto...una ciencia...
Una perla solitaria encontré
en el lecto del rio de mi corazón
impetuosa y febril yo
rompí las ataduras en mis sentimientos
para crear un cielo de estrellas libres
dentro de los ojos de mi alma
La po largo de su camino
rompia su impetuosa fama
en las corrientes de su mundo encantado
que era sólo suyo
Fui al encuentro de su mundo
muchas veces volvía a mi mundo en busca
de la luz para hundirme dentro de aquelle mundo
que yo tanto buscava y quieria para mi
Hoy yo tengo este mundo y soy su mundo
nos encontramos por fin y somos fructiferos
estoy dentro de un arco ires brillante
como joya preciosa yo soy cristal.

25 comentários:

  1. Uma pérola de poema.

    Fim de semana iluminado amiga.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  2. Pedra preciosa à beira do rio do coração...
    que belo, querida...
    escreves com alma...

    Beijos preciosos, cristal!

    Álly.

    ResponderExcluir
  3. Amiga pelos caminhos da vida eu te agradeço pois em todos os momentos és presente.
    Obrigada amiga

    ResponderExcluir
  4. Flor de lys,obrigada pelas palavras e pelo carinho de sempre.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Mergulhar se aprofundar nos sentimentos e depois emergir pra respirar e vivê-los....Muito lindo!
    Eu fiquei afastada um tempo por ter feito uma cirurgia de apêndice e estou voltando aos blogs também.

    Postei no bloggirls também
    http://meninasdoblog6.blogspot.com/
    Montão de bjs e abraços e um excelente domingo

    ResponderExcluir
  6. Eliane que lindo que voltaste,agora seja bem vinda a nosso cantinho .

    Beijossss

    ResponderExcluir
  7. Estas sempre brilhando como um cristal, e sempre parece um arco iris vibrante.

    bejos;

    ResponderExcluir
  8. ________(¯`: ´¯)▓▓)
    _______(¯ `•.\|/.•´¯)
    ____(▓(¯ `•.⋐(█)⋑.•´¯)▓▓)
    ____(▓▓(_.•´/|\`•._)▓▓▓▓▓)
    ____(▓▓▓▓(_.:._)▓▓▓▓▓▓▓▓)
    _(▓▓▓▓▓_▌▌_▓▓(¯`:´¯)▓▓▓▓▓)
    _(▓▓▓▓__▌▌_(¯ `•.\|/.•´¯)▓▓▓)
    __(▓▓____▌(¯ `•.⋐(█)⋑.•´¯)▓)
    ___(▓▓___▌▌▓(_.•´/|\`•._)▓)
    ____(▓___▌▌▓▓ (_.:._)_▓)
    A amizade é o elo mais forte
    Que liga duas pessoas ao mundo
    Deixo meu carinho e minha amizade
    Em seu coração

    ResponderExcluir
  9. Querida amiga, hermoso poema, siempre es un placer enorme leerte.
    En el blog El Sentir del Poeta hay algo para ti es "Amigos en la distancia" y el otro "Amistad" Blog Unidos, espero lo aceptes con todo mi cariño, en el blog Dejame un Poema esta el mismo en difrentes tonos, lo hice asi para que elijan el que se adapte mas al blog.
    besitos para ti querida Rachel, que Dios te bendiga.

    ResponderExcluir
  10. Eres cristal, limpio y transparente, donde anidan las palabras de amor y de pasión.
    Un beso desde mi Jardín.

    ResponderExcluir
  11. hola Rachel,
    un diamante de poema!

    Comienza la semana! el sol nos trae sus rayitos de sol y con ella te traigo un precioso premio, el cual puedes recoger en mi blog premiosregalossonrisas.

    Disfrútalo!

    un fuerte abrazo^^

    ResponderExcluir
  12. lindo poema, divina alma e divina imagem de luz.

    http://terza-rima.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Querida amiga una delicia de poema, pasión, sensualidad escrito con delicadeza, me encanto. besitos para ti, querida amiga, que Dios te bendiga.

    ResponderExcluir
  14. Minha querida
    Quanta paixão neste belo poema, adorei.

    Deixo beijinhos
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  15. Era uma vez...
    E assim começa a história de uma bela mocinha que imaginou a mágica do cristal.
    Mas a pedra ela ela mesma, mas não se deu conta disso, nem que era um cristal comum, mas um brilhante...

    Carinho,
    Jorge

    ResponderExcluir
  16. Boa noite querida, bom estar aqui novamente, seus textos poéticos são de uma beleza infinita. Beijo e carinho.

    ResponderExcluir
  17. Bela, intensa, sensual!
    Ler-te é um puro fascinio.
    Tuas palavras despertam todos os sentidos, estimulam todas as fantasias, acendem todos os desejos!


    BjO´ss
    AL

    ResponderExcluir
  18. Passando para desejar feliz final de semana

    abraços

    ResponderExcluir
  19. ""BOM FINAL DE SEMANA !!!
    Que o barco da tua existência
    navegue sempre em águas tranqüilas
    te levando com destino à felicidade...Não deixe que a vida passe,
    sem que você tenha voado em
    busca da felicidade de ter alcançado
    por algum instante um sonho!
    Beijos de luz!DE MARCIA E CARLOS
    OBS:"Viver é acalentar sonhos e esperanças,
    fazendo da fé a nossa inspiração maior.

    ResponderExcluir
  20. Tan sugerente como siempre, precioso, precioso, nada como terminar las vacaciones para volver a leerte.
    Un beso

    ResponderExcluir
  21. Adorei seu blog, parabens. Indicarei nas minhas páginas, aguarde.
    Beijabrações
    www.luizalbertomachado.com.br

    ResponderExcluir
  22. Não conhecia este blog.

    Achei-o deveras interessante

    Saudações poéticas

    ResponderExcluir
  23. I can't wait for more posts!
    [url=http://thermacuts.info.pl]tabletki na odchudzanie[/url]

    ResponderExcluir
  24. Cada um de nós é uma Jóia preciosa aos olhos de Deus....
    Carinhosamente,
    Sandra

    ResponderExcluir

Onde existe luz também existe sombras

DE SUA POESIA

Afortunados são os que tem a capacidade de escrever poesia e fazer seu outro oficio,e também são aqueles que o leem e constroem um refugio onde refrescam seu espírito com a bebida gratificante de palavras e sentimentos, que eleva seu espírito até um céu limpo de nuvens onde só brilha a luz de sua inspiração. Uma obra de arte é boa se há nascido ao impulso de uma íntima necessidade.

Precisamente neste seu modo de engendrar-se radica e estriba o valor da poesia, porque explora as profundidades de onde mana a vida. Alí radica a historiada beleza da poesia, a que coabita o humano e para o humano, a que vá escrevendo paralelamente a história da humanidade. E neste ordenamento perfeito do caos, que antecede a beleza e se concebe a grandiosa poesia.

Muitas vezes me perguntei em meio destes desvelos que me perseguem e que me anuncia a aparição da palavra ¡ Que misteriosos meios, de sopros desconhecidos e germinais movem a este grupo de pessoas a resgatar ”tempo do tempo” para acudir inverno e verão, embaixo da chuva persistente ou um sol que transpassa, a cumprir com uma missão irredutível de escrever poesia.

È muito difícil dar uma opinião sobre o proveito da poesía individualmente; depende de fatores particulares do poeta. Pode ser a concreção de uma necessidade essencial, uma maneira de ver e mostrar o mundo, uma maneira de sentir junto com outros. Do que vou fazer, fazendo este prólogo deste trabalho solitário, silencioso e inspirador que realiza a escritora brasileira Rachel Rocha Omena (Maceió Alagoas). Recebedora deste portentoso mistério, onde recolhe a beleza que sente seu espírito, traslada a palavras com sua máxima expressão . Em cada um de seus poemas nos demonstra que a poesia é como a água que sustenta a terra. Porque atrás da palavra está o sopro poético, e a sombra invisível que forma a arquitetura das paisagens interiores do homem, que constitui a verdadeira essência do ser, que se cobre e dialoga dentro de nós mesmos.

A poesia é a instauração do ser com a palavra. Exatamente é assim. O cristal de uma mulher se transforma e se converte em beleza . Nos eleva ao universo que para a escritora é como uma infinita galeria de arte , de pequenas e grandes obras maestras que sustentam o frágil e as vezes o miserável espectro de nossas realidades. Sente em cada verso a necessidade de ligar e conciliar o mundo com o universo onde habita a harmonia como pedra angular da beleza . Levando a poetisa a estabelecer seu mundo desde onde inicia a construção de seu próprio edifício para abrir a janela das escuridões para a luz, a elevação do cotidiano as comarcas da beleza, assim, a chuva sobre o jardim, o cantar dos insetos nas noites, a espuma e o cheiro do mar ao romper na praia , o aroma do pão ao ser cozido, o homem urbano e seus fantasmas diários, o amor, a ternura, a alegria, todas as pequenas e grandes coisas que fazem uma alma ir repetível poético . Rachel Rocha Omena é uma das escritoras mais peculiares da nova literatura de Alagoas. De versos amatórios vibrantes por seu romantismo e por sua perpetua forma de amar. Leve como suspensa no tempo, os textos e a paisagem. Narrativo do amor que nos transmite laboriosa a cultura das palavras, nos produz o encanto e a serenidade que somente emerge de uma constante harmonia interior.

Há uma linguagem plena de desfrutes do carinho, da generosidade de compartilhar sentimentos , que faz que aflore em cada um dos leitores sentimentos e emoções que voam como uma pluma para os profundos e misteriosos filtros do amor. Esta é a ação e reação alquímica que produz fascinação e fará que nos cerque como espectadores a seu poema a cada momento.

O mérito a sua poesia é como se saíram cristais de sua boca. Palavras de cristais, que encandeiam e encantam e caem no resplendor da memória do leitor. Tem uma trajetória poética pela precocidade e a intensividade e que vence assim a diáspora do tempo nesta terra que há deixado a seus cantores da palavra.

Sua melhor qualidade reside em ser o centro mesmo da claridade e as inspirações do homem, de seu abismo e de seus sonhos mais altos.


Víctor Manuel Guzmán

Maceió Alagoas, 11 de janeiro del 2011

Reticências

Reticências

Cristal de uma mulher!!!

Alma de poeta
coração de mulher,
por isso mesmo
vive a poesia
em sua magia
mais pura.

Tens também
por serdes
mulher-poeta
a sensibilidade
de um lírio
na pureza de
sua castidade.

A música mora
em seu coração
de natureza afroditiana,
a poesia em sua
forma mais liquida
dança devaneios
românticos em
sua alma feita
das fibras febris
da paixão.

Erotismo em
forma de mulher,
trovadora do
deleite sensual,
entoas em seus
lábios curvilíneos
os versos das canções
que exaltam o prazer
orgástico na sua mais
doce essência.

Cristal de uma mulher
onde as luzes do
regozijo da fêmea
o atravessam para
iluminarem o mundo
dos homens que delas
carecem desesperadamente.

Cisne branco que nada
soberbamente sob o
lago cristalino da
anima humana, pássaro
frondoso com canto de
sereia que arde em seu
peito encantando-me,
enquanto o escuto
e navego na nau das minhas
visões dionisíacas.

- ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS.
sexta-feira, 7 de junho de 2013