domingo, 13 de março de 2011

O SONHO DE UM MUNDO IGUAL




Vestida de cristal eu idealizo seu corpo 
perfumado de mirra para receber o sonho
um pacto... uma ciência ...
Uma pérola solitária encontrei
no leito do rio de meu coração
impetuosa e febril 
ai eu rasguei as amarras de meus sentimentos
para pingar um céu de estrelas livres
dentro dos olhos de minha alma
A pérola ao longo de seu caminho
rasgava sua impetuosa fama
nas correntezas de seu mundo encantado
que era só seu

Fui ao encontro de seu mundo e ali era fundo e
muitas vezes voltei a meu mundo em busca
da luz para mergulhar dentro de teu mundo
que eu tanto buscava e queria para mim
Hoje eu tenho este mundo e sou o seu mundo
nos encontramos por fim e somos fecundo
Estou dentro de um arco ires brilhante
como joia preciosa 
eu sou cristal



UNA JOYA PRECIOSA


Vestida de cristal yo idealizo mi cuerpo
perfumado de mirra para recibir el sueño
un pacto...una ciencia...
Una perla solitaria encontré
en el lecto del rio de mi corazón
impetuosa y febril y yo
rompí las ataduras en mis sentimientos
para crear un cielo de estrellas libres
dentro de los ojos de mi alma
La en el largo de su camino
rompia su impetuosa fama
en las corrientes de su mundo encantado
que era sólo suyo

Fui al encuentro de su mundo
muchas veces volvía a mi mundo en busca
de la luz para hundirme dentro de tu mundo
que yo tanto buscava y quieria para mi
Hoy yo tengo este mundo y soy su mundo
nos encontramos por fin y somos fructiferos
estoy dentro de un arco ires brillante
como joya preciosa 
yo soy cristal


Reticências

Reticências

Cristal de uma mulher!!!

Alma de poeta
coração de mulher,
por isso mesmo
vive a poesia
em sua magia
mais pura.

Tens também
por serdes
mulher-poeta
a sensibilidade
de um lírio
na pureza de
sua castidade.

A música mora
em seu coração
de natureza afroditiana,
a poesia em sua
forma mais liquida
dança devaneios
românticos em
sua alma feita
das fibras febris
da paixão.

Erotismo em
forma de mulher,
trovadora do
deleite sensual,
entoas em seus
lábios curvilíneos
os versos das canções
que exaltam o prazer
orgástico na sua mais
doce essência.

Cristal de uma mulher
onde as luzes do
regozijo da fêmea
o atravessam para
iluminarem o mundo
dos homens que delas
carecem desesperadamente.

Cisne branco que nada
soberbamente sob o
lago cristalino da
anima humana, pássaro
frondoso com canto de
sereia que arde em seu
peito encantando-me,
enquanto o escuto
e navego na nau das minhas
visões dionisíacas.

- ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS.
sexta-feira, 7 de junho de 2013