quarta-feira, 24 de outubro de 2012

CONJUGANDO O VERBO



Tu és a minha energia
és a essência divina onde o
universo se move desde o coração
chegando a nossos corpos
 para fazer morada
Esta energia se expande projetando e
extraindo o segredo da vida
que atrai o amor com esperança
de amar e ser amado
 Conjugando o poder de atração
nas  alegrias e ilusões compartilhadas
brindando a sonhos e a mananciais
para vivermos lado a lado

E muitas são as madrugadas temperadas
de imaginações onde teu rosto reflete cores
a meus olhos embriagando minha calma
E é ai quando eu desperto em tua companhia
sentindo o poder de teu amor
descendo sobre mim como um resort
de transformações que só o amor é capaz de fazer
Esta união brinda a associação de
 estarmos distantes e perto em alma
 como numa missão


CONJUGANDO EL VERBO


Tú eres mi energía
eres la esencia divina donde el
universo se mueve desde el corazón
llegando a nuestros cuerpos
para hacer una morada
Esta energía se expande proyectando
y extrayendo el secreto de la vida
que atrae el amor con esperanza
de amar y ser amado
Conjugando un poder de atracción
en las alegrías e ilusiones compartidas
brindando sueños y manantiales
para vivir lado a lado

Y muchas son las madrugadas templadas
de imaginaciones donde tu rostro refleja colores
a mis ojos, embriagando mi calma
Y es ahí cuando despierto en tu compañía
sintiendo el poder de tu amor
descendiendo sobre mí como un resorte
de transformaciones que sólo el amor es capaz de hacer
Esta unión brinda una asociación de
estar distantes y cerca
en alma como una misión

domingo, 7 de outubro de 2012

POR AMOR II




Por Amor
soprei ventos em infinitas galacteas
e o sol estremeceu com o poder do amor
Por Amor
te busquei no mais infinito precipício
e o inferno abriu caminho para eu passar
Por Amor
 nas trevas tua alma tinha sede de meu amor
e das sombras que te cobriam , eu zombei
Por Amor
pertence a mim a tua alma sedenta de carinho e luz
e tua direção é a minha existência que brilha em tua noite
Por amor
na luta, na alegria e na vida
eu sou a presença que arrebata a tua essência febril
 que traga a tua energia fluindo ouro e pedras
Por este Amor
o sol reluziu
a lua caminhou em nossa direção
o universo chamou por nossos nomes
as estrelas mergulharam num brilho sem fim
e os jardins foram lapidados de perfumes
Com este Amor
 as chamas crescem
 sorri da leveza de nossos corpos
reflete éxtasis e  poder
por amor


Por Amor
sople vientos en infinitas galaxias
y el sol se estremeció con el poder del amor
Por Amor
te busqué en el más infinito precipicio
y el infierno abrio camino para que yo pase
Por Amor
En la obscuridad tu alma tenía sed de mi amor
y burlé las sombras que te cubrían
Por Amor
Pertenece a mí tu alma sedienta de cariño y luz
y tu dirección es mi existencia que brilla en tu noche
Por Amor
En la lucha, en la alegría y en la vida
yo soy la presencia que arrebata tu esencia febril
que traga tu energía que fluye como oro entre piedras
Por este amor
El sol resplandece
la luna caminó en nuestra dirección
el universo nos llamó por nuestros nombres
las estrellas se inundarán de un brillo sin fin
y los jardines fueron lapidados con perfumes
Con este amor
las flamas crecen
sonrisas de la ligereza de nuestros cuerpos
reflejan éxtasis y poder
por amor

Reticências

Reticências

Cristal de uma mulher!!!

Alma de poeta
coração de mulher,
por isso mesmo
vive a poesia
em sua magia
mais pura.

Tens também
por serdes
mulher-poeta
a sensibilidade
de um lírio
na pureza de
sua castidade.

A música mora
em seu coração
de natureza afroditiana,
a poesia em sua
forma mais liquida
dança devaneios
românticos em
sua alma feita
das fibras febris
da paixão.

Erotismo em
forma de mulher,
trovadora do
deleite sensual,
entoas em seus
lábios curvilíneos
os versos das canções
que exaltam o prazer
orgástico na sua mais
doce essência.

Cristal de uma mulher
onde as luzes do
regozijo da fêmea
o atravessam para
iluminarem o mundo
dos homens que delas
carecem desesperadamente.

Cisne branco que nada
soberbamente sob o
lago cristalino da
anima humana, pássaro
frondoso com canto de
sereia que arde em seu
peito encantando-me,
enquanto o escuto
e navego na nau das minhas
visões dionisíacas.

- ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS.
sexta-feira, 7 de junho de 2013