sábado, 26 de janeiro de 2013

SOLIDÃO



Caminho empoeirado de sombras
Que sopra um vento fúnebre dentro da alma
 Como chuva que  molha a vida  embriagando a dor
Presa mortal de animal em fúria

Amiga verdadeira da falta de amor
lava em lágrimas o inverno frio da saudade
Convencendo o chão para amparar
Lacuna que desampara a paz

Faminta escraviza a fome da angustia
Fechando as portas da vida  para morte
Rastreando o dia sem dar trégua a noite
Solidão suas pegadas são degustadas

Englobada as vidas se materializa
Cobrindo de gritos os corações que sangram
Malvada e sem freios se devasta no ar
Cobrindo-nos com sua nuvem negra em
 silêncios
 
SOLEDAD

Camino empolvado de sombras
Que sopla un viento fúnebre dentro del alma
Como lluvia moja la vida embriagando el dolor
Presa mortal de animal en furia

Verdadera amiga de la falta de amor
lava con lágrimas frías como el invierno de la nostalgia
Convenciendo el piso que la ampara
Laguna que desampara la paz

Hambrienta esclaviza el hambre de la angustia
Cerrando las puertas de la vida para muerte
Rastreando el día sin dar tregua a la noche
Soledad sus huellas son degustadas

Englobada las vidas y se materializan
Cubriendo de gritos los corazones que sangran
Malvada y sin frenos se desvanece en el aire
Cubriendo su nube negra en silencio

23 comentários:

  1. Sempre fui uma admiradora do seu blog num conjunto.Mas hoje ao abrir me surpreendi com tanta beleza junta,as músicas arrasadoras ...
    Falando do poema vêm em forma de emoção que só o coração pode sentir,mas as palavras se espalham e se juntam numa doce poesia ...mesmo sendo uma solidão descrita,ficou com clima de uma face oculta ...
    bjsssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde minha amiga!

    Muito bem narrado o teu comentário onde posso aplaudir e juntar o que falas de oculto.
    Amiga a solidão hoje faz parte de cada canto da vida,sopra o vento e as nuvens ficam escuras ,pesadas..Assim esta tal solidão não está só no ar mais nas vidas tanto de crianças que sofrem dor e fome como nos adultos e jovens que visualizam os erros e nada podem falar porque se isto acontece já tem outra mais terrível solidão " A morte para estes "
    Então amiga o vento sopra.....

    Obrigada por teu carinho e tuas palavras.

    Um beijo onde abrace tua alma

    rachel Omena

    ResponderExcluir
  3. "Nunca chegamos ao fundo da nossa solidão."

    Beijo.

    ResponderExcluir
  4. Verdade meu querido Manuel..Teremos muitas perdas sempre e com elas se misturam os ventos e acrescentam formas sem vida.

    Obrigada amigo pelo carinho

    Rachel Omena

    ResponderExcluir

  5. "as vidas se materializa
    Cobrindo de gritos os corações que sangram
    Malvada e sem freios se devasta no ar
    Cobrindo-nos com sua nuvem negra em
    silencios"

    Bellisimos letras, versos armoniosos de una dulce musicalidad
    ¡Me han emocionado, gracias!
    Ha sido un deleite leerte acompañada de tan sugerente música.

    ResponderExcluir
  6. UN TEXTO MUY MELANCÓLICO.
    UN ABRAZO

    ResponderExcluir
  7. Indiasena que prazer esteja comigo e obrigada pelo comentário,logo estará en español adonde podrerás leer con más clareza..mismo asi muchas gracias amiga

    Reltih tú eres perfecto siempre regalandome un bello parecer en mis letras amigo..La soledad no es nada bueno para las vidas más infelizmente este es el cénario de las vidas..

    Un enorme beso a todos

    ResponderExcluir
  8. Estou a 7 anos na blogosfera : A viagem é o casula
    hoje completando 2 anos de vida.
    Quantos momentos alegres e triste também
    faz parte da nossa jornada.
    Deus permita muitos anos de vida para mim e meu blog
    um mundo fantástico.
    Onde nossas amizades sem face completa de maneira
    sobrenatural minha vida.
    Obrigada pelo seu carinho por fazer parte da minha caminhada
    muitas vezes cansada ou meu caminhar um pouco mais lento.
    Hoje deixo na postagem mil carinhos para você
    um mimo desse dia feliz.
    E o sorteio de mais 2 livros meus não
    importa qual Pais será ganhador receberá com certeza com muito amor.
    Pode até pensar porque sorteio tantos livros meus não é mesmo?
    Por ele ser bom e de alguma forma deixar um pouco de mim para vocês.
    Meu eterno carinho.
    Um feliz final de semana.
    Beijos na alma e no coração.
    Evanir.
    Estou só esperando você com muito carinho.
    Maninha amada.
    Eu não posso sair sem comentar seu poema de forma alguma.
    Sua tristeza esta transparente em cada verso minha adorada amiga.
    Eu acredito não tem ideia como fiquei ao ler seu poema.
    Amada não deixe a tristeza tomar conta do seu coração sei o quanto és guerreira ,e você sabe também basta me dar um toque eu ligo de imediato para você.
    A vida muitas vezes nos prega peças
    porém tenho certeza que sabes lutar até cansar ,mais jamais perder a luta.
    Minha maninha você quer que vou até você poderei dar um jeito querida.
    Eu marco os médicos e vou te ver.
    Quero que saiba mais uma vez pode contar comigo sempre.

    ResponderExcluir
  9. Boa tarde maninha.

    Mana sei o quanto és solidária com todos..mais presta atenção: A solidão não só vive nos corações que vivem sozinhos.... não por motivos de não ter alguém ou pelo motivo de não querer ninguém..nada disto .A solidão hoje é a grande vilã do mundo dos pobres ,ricos e até daquele que estão cercados de seus familiares e amigos...tem dias então miga querida que esta Solidão é até necessária para criarmos ELOS entro nós mesmos até por questão de sabedoria...Pois dentro da sabedoria crescemos no Pai Poderoso
    para todo aquele que crer...

    Eu hoje vivo a minha própria solidão não por não ter uma família ,filhos,problemas e alguém para me amar,mais sim porque é nesta hora que me sinto mais próxima de meu CRIADOR e ai posso voar sozinha até seu trono de glória de Falar Com ELE frente a frente...Porque Ele nos AMA.

    Fique tranqüila e olhe em sua volta e veja as crianças nas ruas ,as drogas matando,as guerras nas famílias, as enfermidades,os hospitais cheios de enfermos. E assim como temos médicos humanos também temos os que matam por perversidades, desumanamente os mais sofridos "os mais necessitados miga....ISTO É SOLIDÃO.

    Um beijo na minha mana mais lida e de um coração maior do mundo.

    Rachel Omena

    ResponderExcluir
  10. Good day! I simply would like to give you a huge thumbs up for
    the great information you have got here on this post.

    I am returning to your website for more soon.
    Take a look at my web site ... football newspaper articles

    ResponderExcluir
  11. Amigo obrigada pela visita e sim vou sim visitar seu SITE..me aguarde viu!!!

    Um grande abraço

    ResponderExcluir
  12. Profundos e tristes versos. Muito bonito. Felicidades!

    ResponderExcluir
  13. Como é bom poder viajar pelos blogs e encontrar poemas tão intensos e cheios de sentimentos como este que vejo por aqui.
    Um grande abraço, minha amiga!!!

    ResponderExcluir
  14. Nádia querida a solidão é viva e se faz vida dentro daqueles que insistem em não crer em um ser Poderoso e se deixa levar pelos males da vida..
    Muitas vezes temos uma fé mais não é o suficientemente genuína. tenho visto isto muito pouco nestes tempos onde o dinheiro soma tudo nas vidas e a falta de pudor de governantes que só tiram e nada acrescenta a um povo mais necessitado.


    Um beijo e um ótimo Domingo

    ResponderExcluir
  15. Vengo del blog de serhumanoysucomportamiento y me ha encantado tu Rincón; por lo cual, si no te importa, me gustaría ser seguidor de tan bellos Espacio, que es el Tuyo y, también, por tantos amigos que tenemos en común.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  16. A solidão é uma coisa muito má...
    É por isso que temos de ser boa companhia para nós próprios, pois de repente podemos cair nessa solidão.
    Belo poema, gostei.
    Um beijo, querida amiga.

    ResponderExcluir
  17. ¡Triste pero bellisimo!

    Tus letras, con un grito doloroso hablan de soledad mientras el alma tiembla angustiada.
    Un verdadero placer visitarte amiga.
    He gozado tu poema...Gracias.
    Boa tarde amiga..Beijos.

    ResponderExcluir
  18. Indiasena si es mui triste o por menos terrible..Más, ya no si tiene paz el amor hay olvidado en las gentes y todo es soledad adentro de todo y de tudos.

    Un beso enorma amiga

    ResponderExcluir
  19. Nilson obrigada pelo sempre carinho que tens as minhas letars..Escrevi com muita dficuldade estas letras porque não é nada fácil falar sobre este grande mal que acoberta a alma da humanidade

    Tenhas uma semana de paz amigo

    ResponderExcluir
  20. Gracias por pasar ,comentar y quedarte en mi blog- Yo también me quedo en el tuyo , con el numero 1100- bonito numero - besosss

    ResponderExcluir
  21. Precioso poema linda Rachel. La soledad es tan cruel pero a veces necesaria. Cuando se aprende a estar sola es cuando se está preparada para las cosas buenas que nos toca y elegimos. A veces nos equivocamos en las elecciones pero solo hay que enmendar el rumbo.
    Gracias amiga y hermana por tus comentarios y por tus visitas.

    Te quiero mucho

    Elisa

    ResponderExcluir
  22. That is a great tip especially to those new to the blogosphere.
    Simple but very accurate information… Thanks for sharing this one.
    A must read article!

    My weblog :: 49926

    ResponderExcluir

Onde existe luz também existe sombras

Reticências

Reticências

Cristal de uma mulher!!!

Alma de poeta
coração de mulher,
por isso mesmo
vive a poesia
em sua magia
mais pura.

Tens também
por serdes
mulher-poeta
a sensibilidade
de um lírio
na pureza de
sua castidade.

A música mora
em seu coração
de natureza afroditiana,
a poesia em sua
forma mais liquida
dança devaneios
românticos em
sua alma feita
das fibras febris
da paixão.

Erotismo em
forma de mulher,
trovadora do
deleite sensual,
entoas em seus
lábios curvilíneos
os versos das canções
que exaltam o prazer
orgástico na sua mais
doce essência.

Cristal de uma mulher
onde as luzes do
regozijo da fêmea
o atravessam para
iluminarem o mundo
dos homens que delas
carecem desesperadamente.

Cisne branco que nada
soberbamente sob o
lago cristalino da
anima humana, pássaro
frondoso com canto de
sereia que arde em seu
peito encantando-me,
enquanto o escuto
e navego na nau das minhas
visões dionisíacas.

- ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS.
sexta-feira, 7 de junho de 2013