segunda-feira, 29 de julho de 2013

MUITO ALÉM DA ALMA



Estreio uma longa e bela viagem 
uma viagem além da luz que eleva
uma nova fecundação no tempo
Um tempo em ressonância a temperança
 paixão pelo sistemático sobrenatural
- orgasmos em um plano pleno -

Contemplo a noite suave e me cubro de sua brisa
sopro de vento como um véu cristalino
 cortina habitável ao desejo da alma e do espírito
Nele o prazer  conjuga o corpo
entre lençóis transparentes
no templo ardente da paixão
Altares astrais que me põe parada
em meus frágeis pés bailando num ar transcendental

Meus pensamentos submergem a uma vasta calma
até chegar a imersão solitária da flor de lótus
símbolo da alegria que nasce da tristeza
nela , almejo o efeito Ômega
pedindo para tu ser o sol
e chegar a ascensão do Alfa
como num fogo transmutador iluminando-me
Eu
terra de tua terra
nascendo para celebrar a
energia que explode 
dentro de nós dois



Estreno un largo y bella viaje 
un viaje más allá de la luz donde se eleva
una nueva fecundación del tiempo
Un tiempo de templanza en resonancia
pasión por lo sobrenatural sistemático
en orgasmos en un final pleno

Contemplo la noche suave y me cubro con su brisa
soplando el viento con un velo cristalino
una cortina habitable al deseo del alma y del espíritu
En el placer se conjuga el cuerpo
entre sábados transparentes
en el templo ardiente de las pasiones
Altares astrales que me ponen de pie
en mis frágiles pies bailando un aire trascendental

Mis pensamientos se sumergen a una vasta calma
hasta llegar a una inmersión solitaria de la flor de loto
símbolo de la alegría que nace de la tristeza
en ella, anhelo el efecto Omega
pidiendo para que tú seas el sol
y llegar a la ascensión del Alfa
como en un fuego transmutador iluminándome
Yo
tierra de tu tierra
naciendo para celebrar la
energía que explota
dentro de nosotros dos

Reticências

Reticências

Cristal de uma mulher!!!

Alma de poeta
coração de mulher,
por isso mesmo
vive a poesia
em sua magia
mais pura.

Tens também
por serdes
mulher-poeta
a sensibilidade
de um lírio
na pureza de
sua castidade.

A música mora
em seu coração
de natureza afroditiana,
a poesia em sua
forma mais liquida
dança devaneios
românticos em
sua alma feita
das fibras febris
da paixão.

Erotismo em
forma de mulher,
trovadora do
deleite sensual,
entoas em seus
lábios curvilíneos
os versos das canções
que exaltam o prazer
orgástico na sua mais
doce essência.

Cristal de uma mulher
onde as luzes do
regozijo da fêmea
o atravessam para
iluminarem o mundo
dos homens que delas
carecem desesperadamente.

Cisne branco que nada
soberbamente sob o
lago cristalino da
anima humana, pássaro
frondoso com canto de
sereia que arde em seu
peito encantando-me,
enquanto o escuto
e navego na nau das minhas
visões dionisíacas.

- ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS.
sexta-feira, 7 de junho de 2013