segunda-feira, 23 de setembro de 2013

PINCELADAS DE AMOR


Se
 eu ficar
 acordada em teu corpo
 molha minha pele cobrindo-me de poesias
para que o relógio do tempo pinte suas aquarelas
colorindo a dança de teus infinitos sussurros

De
teus lábios
 quero beijos sedutores
 repetitivos como jogos e sons
que inquietam os orgasmos de uma fêmea
 num cio ofegante, compassivo e sem regras

meu lindo homem
és meu sensual veneno
que canta a vida neste teu jeito, que
minha alma se entrega rubra de paixão
 desfrutando  cada milímetro de teu corpo de macho

E
ao chegar de cada 
madrugada seja eu teu hálito
quente que sopre em teu corpo
ardendo no desejo de ser tua inspiração, nua
numa beleza alucinante unidos em movimentos e brisa
sintonizando e sincronizado ao fogo das ruas do meu coração
Si
yo quedaría
despierta en tu cuerpo
mojas mi piel cubriéndome de poesías
para que el reloj del tiempo pinte sus acuarelas
coloreando la danza de tus infinitos susurros

De
tus labios
quiero besos seducidos
y repetitivos como juegos y sonidos
que incitan los orgasmos de una hembra
en un celo jadeante, rítmico y sin reglas

Hay 
mi lindo hombre
es mi sensual veneno
que canta la vida en esta manera, que
mi alma se entrega loca de pasión
disfrutando de cada milímetro de tu cuerpo de macho

En
el llegar de cada
madrugada sea yo tu aliento
caliente que sople en mi cuerpo
ardiendo en el deseo de ser tu inspiración, desnuda
en la belleza alucinante, unidos en movimientos de brisa
sintonizados y sincronizados al fuego de las calles de mi corazón

Reticências

Reticências

Cristal de uma mulher!!!

Alma de poeta
coração de mulher,
por isso mesmo
vive a poesia
em sua magia
mais pura.

Tens também
por serdes
mulher-poeta
a sensibilidade
de um lírio
na pureza de
sua castidade.

A música mora
em seu coração
de natureza afroditiana,
a poesia em sua
forma mais liquida
dança devaneios
românticos em
sua alma feita
das fibras febris
da paixão.

Erotismo em
forma de mulher,
trovadora do
deleite sensual,
entoas em seus
lábios curvilíneos
os versos das canções
que exaltam o prazer
orgástico na sua mais
doce essência.

Cristal de uma mulher
onde as luzes do
regozijo da fêmea
o atravessam para
iluminarem o mundo
dos homens que delas
carecem desesperadamente.

Cisne branco que nada
soberbamente sob o
lago cristalino da
anima humana, pássaro
frondoso com canto de
sereia que arde em seu
peito encantando-me,
enquanto o escuto
e navego na nau das minhas
visões dionisíacas.

- ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS.
sexta-feira, 7 de junho de 2013