sábado, 14 de março de 2015

FUTURO E FORÇA



A 160 quilômetros por hora

eu venço limites

escalo fortalezas
e acredito que é hora de vencer

Eu posso tocar o céu

tenho asas e farei meu voo

e voarei como a águia

em nossos amanheceres

As barreiras eu ultrapasso e venço

porque meus sonhos eu mesmo construo

saltando muralhas ao vento

Nossas vidas

minha vida,tua vida

minha alegria meu viver

sonho querido

vem tirar o meu véu

e beber o mel de minha inocência

voando nas asas da libido

alargando os teus passos

atando em mim o teu despertar

Meu homem minha vontade

sou teus lábios e tua fome

doce veneno gozo e sabor

Ama-me embora eu te pareça inteira

no tempo da própria existência

dos sorrisos e soluços

de nossa vasta e infinita felicidade

13 comentários:

  1. Eis aí, uma das mais belas e sensuais entregas. Lindo poema! Dotado de uma boa dose de sensualidade.

    Beijos e um ótimo final de semana para ti e para os teus.

    Furtado.

    ResponderExcluir
  2. Futuro e Força,
    Rachel Omena
    você linda moça
    gosto de você morena.

    O seu lindo poema,
    a 160 quilómetros à hora
    menima assim vale a pena
    fica, não vais embora.

    Passa bem o fim de semana,
    vai e aproveira o sol na praia
    à noite dorme e sonha na cabana
    de manhá vê a onde que na areia desmaia.

    Um beijinho para você minha amiga Rachel.
    Eduardo

    ResponderExcluir
  3. Minha doce Cristal!!!
    Ao te ler e ouvir essa música, meu coração acelera e dispara.
    Recebas meu carinho e meu abraço cheio de amor...poetisa talentosa.
    veraportella

    ResponderExcluir
  4. Bom dia, Rachel
    Que lindo poema de Amor e Sedução!
    É um prazer enorme ler e saborear tão belas palavras.
    Parabéns!

    Óptimo Domingo
    Um beijo
    MIGUEL / ÉS A MINHA DEUSA

    ResponderExcluir
  5. UN TEXTO QUE INVITA A SEGUIR ADELANTE!!!
    abrazos

    ResponderExcluir
  6. Querida, gracias por este bello poema, donde la fuerza del amor nos da vida para seguir en la brecha.
    Un gran beso de ternura
    Sor.Cecilia

    ResponderExcluir
  7. Querida Rachel - que poema é este que flutua com palavras tão doces e envolventes? Parabéns!

    ResponderExcluir
  8. Obrigada meu amigo pelo carinho das tuas letras! Tentei muito deixar um comentário em teu belo espaço e não obtive sucesso !

    Sobre o assunto de se tira Dilma ,mas para os bons sensos nada disto adianta se não tirar tudo que fede ali dentro a começar por Aercio,e outros partidos que estão dentro do dominar o povo com falsas políticas . Como vc fala ali não há nada que venha de encontro a má conduta de Dilma para tirá-la mais do seu partido tem muito não é ?

    Eu não suporto política mas infelizmente vivemos tudo o que não queremos viver..

    Um grande e calorosa abraço Paulo

    ResponderExcluir
  9. Amiga Rachel..
    O tempo vai moldando nossas vidas de acordo com
    novas situações.
    Tive momentos enesquecivel horas talvez segundo de felicidade,
    recordo com muitas saudades quando os blogs ou seu donos me faziam feliz.
    Hoje ficou somente saudades .
    Tenho certeza poucos foram verdadeiros comigo a gente passa a pensar de forma diferente , e analisar como nos enganamos.
    Sinto saudades de vc sei o motivo da sua ausência ,
    mas fica sempre aquela indagação.
    Porque essa separação se viviamos nos falando
    trabalho no resgate de um passado feliz .Não sei quantos anos nos conhecemos,
    nossa amizade voi vivida com intensidade .
    Nunca vou esquecer qndo falava com sua mãe .
    Uma delicadeza impar choramos juntas muitas vezes nossa dor é tão grande,
    que esquecemos de quem amamos.
    Minha amiga irmã é assim q sempre nos tratamos.
    Ainda guardo a esperança de ver vc bem de perto um dia.
    Um abraço de sua amiga sempre.
    Eva.

    ResponderExcluir
  10. Oláááááááááááá...
    APOSTO que tu estavas morrendo de saudades de mim!!!!
    Faço de propósito,demorar a aparecer,porque quando apareço noto a expressão de............ ESPANTO........... e,claro,tenho a certeza absoluta de que estás imensamente feliz ao me ver...hehehehehe...
    E não adianta dizer que nem te lembravas mais de mim ou que nem sabes quem sou.
    Não aceito isso...pois eu marco eternamente quem me conheceu...ksksksksksksks...
    Como sou modesta,estou amando o que estou escrevendo...tanto...que vou colar para os outros blogueiros que vou visitar o que escrevi para ti,que tal????
    Sei também que quanto mais os visitantes demoram no blog da gente,mais famosos a gente fica...TOMARA que todos leiam até o fim minha pequena-longa cartinha de visita!!!!!
    Sobre a tua postagem:
    Não sei como consegui ficar tanto tempo sem te ver e ler.
    Mas tudo passa...o que importa é que posso voltar a me encantar com tuas belezuras aqui.
    Agora,aceita um beijão "deu"(de mim)pra tu :)
    EU VOU...mas EU VOLTO... para tua felicidade...ksksksksksksks..
    Se eu não me "achar"...quem me acha?????

    ResponderExcluir
  11. Nesta terra iluminada,
    pelo sol e pela lua
    seja feliz na sua caminhada
    sobre um manto de verdura,
    nesta terra por Deus abençoada
    com muita saúde, paz e alegria
    tenha uma santa e feliz Páscoa
    com amor e carinho, sorria!

    Um beijo para você amiga Rachel Omena,
    Eduardo.

    ResponderExcluir

Onde existe luz também existe sombras

Reticências

Reticências

Cristal de uma mulher!!!

Alma de poeta
coração de mulher,
por isso mesmo
vive a poesia
em sua magia
mais pura.

Tens também
por serdes
mulher-poeta
a sensibilidade
de um lírio
na pureza de
sua castidade.

A música mora
em seu coração
de natureza afroditiana,
a poesia em sua
forma mais liquida
dança devaneios
românticos em
sua alma feita
das fibras febris
da paixão.

Erotismo em
forma de mulher,
trovadora do
deleite sensual,
entoas em seus
lábios curvilíneos
os versos das canções
que exaltam o prazer
orgástico na sua mais
doce essência.

Cristal de uma mulher
onde as luzes do
regozijo da fêmea
o atravessam para
iluminarem o mundo
dos homens que delas
carecem desesperadamente.

Cisne branco que nada
soberbamente sob o
lago cristalino da
anima humana, pássaro
frondoso com canto de
sereia que arde em seu
peito encantando-me,
enquanto o escuto
e navego na nau das minhas
visões dionisíacas.

- ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS.
sexta-feira, 7 de junho de 2013