terça-feira, 21 de agosto de 2018

SUBMERGINDO AO SONHO



Nua e úmida, amarrada a teus braços
presa a este porto, descompassadamente,
você a medida certa.
Meus seios apertados em tuas mãos dançavam como
uma fonte luminosa. saciando nossa sede naquele universo real
Naquele momento eramos únicos, respirávamos água, sal e mel.
Momentos de um colapso de emoções profundas, que ardia
e harmonizava minha alma a tua.

No meu corpo aquecido de beijos,
tuas mãos tateavam o percurso desnudo,
à procura incansável de encontrar no meu delírio
a minha sanidade e entrega.
Teu corpo apertava o meu numa caricia preliminar
que aumentava a chama.
Teus olhos buscavam nos meus olhos, a música falada ao coração,
como algo que dizia, *de volta a casa*.
Tuas buscas eram bússolas que desbravavam caminhos e segredos,
agora deixei de me pertencer, para pertencer a nós dois.

Construído o jardim,
cultuamos com ardor a essência naquela tarde em meio ao bosque quando,
entre caricias e línguas entrelaçadas nos entregávamos sem perceber
que o tempo era um doce e singular açoite.
E lá no alto entre as árvores, a lua silenciosa contemplava e soprava
um harmonioso frio, que temperava nossos corpos loucos de amor.


3 comentários:

  1. Suas palavras são a expressão do amor, do desejo realizado, que contido no tempo, mas que desabrochado no toque dos corpos, exalou na arte mais pura do prazer.....na memória do passado o presente se faz....você é perfeita...uma benção à quem tem o prazer de ler o que rediges....

    ResponderExcluir
  2. Suas palavras são a expressão do amor, do desejo realizado, que contido no tempo, mas que desabrochado no toque dos corpos, exalou na arte mais pura do prazer.....na memória do passado o presente se faz....você é perfeita...uma benção à quem tem o prazer de ler o que rediges....

    ResponderExcluir
  3. Viver é melhor que sonhar. Mas nunca deixemos de sonhar as esperanças porque é delas os pensamentos de futuras vitórias, ainda que não vejamos este futuro ele já existe dentro da fé!

    ResponderExcluir

Onde existe luz também existe sombras

Reticências

Reticências