sábado, 3 de outubro de 2009

UM LAGO DENTRO DE MEUS LÁBIOS


Na profundeza do lago
brilha uma estrela cadente
em calmo sono e calma natureza
diamante como porta do oriente
ela,vela a noite de crepe
nas curvas de meus horizontes
Roubando um beijo meu sangue ferve
e ansiosas nossas bocas dançam febris
se unindo em um longo beijo
enquanto branda um calor
meus seios sente o teu peito
agonizando de desejo
sucedendo um brilho dentro d'alma
em longas madrugadas cor de opala
onde a rosa azul jorra suas essências
o sol canta e os pássaros despertam
no som de uma música de cristal
cante,cante este amor
delirante é a festa dentro deste canto
rasgando minha pele inquieta
no mar na montanha entre vales
adoçando a voz que grita de minhas entranhas
todo o meu corpo é chama em teu corpo
tua boca viaja em minha carne
e morro dentro deste amor
conspirando para a eternidade
o pranto de felicidade
ao encontro da estrela
no lago profundo
rumo a magia deste amor
" sem fim "




Reticências

Reticências

Cristal de uma mulher!!!

Alma de poeta
coração de mulher,
por isso mesmo
vive a poesia
em sua magia
mais pura.

Tens também
por serdes
mulher-poeta
a sensibilidade
de um lírio
na pureza de
sua castidade.

A música mora
em seu coração
de natureza afroditiana,
a poesia em sua
forma mais liquida
dança devaneios
românticos em
sua alma feita
das fibras febris
da paixão.

Erotismo em
forma de mulher,
trovadora do
deleite sensual,
entoas em seus
lábios curvilíneos
os versos das canções
que exaltam o prazer
orgástico na sua mais
doce essência.

Cristal de uma mulher
onde as luzes do
regozijo da fêmea
o atravessam para
iluminarem o mundo
dos homens que delas
carecem desesperadamente.

Cisne branco que nada
soberbamente sob o
lago cristalino da
anima humana, pássaro
frondoso com canto de
sereia que arde em seu
peito encantando-me,
enquanto o escuto
e navego na nau das minhas
visões dionisíacas.

- ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS.
sexta-feira, 7 de junho de 2013