segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

MI HOMBRE MUCHO AMADO



Déjame que esparza
manzanas en tu sexo
néctares de mango
carne de fresa
tu cuerpo son todas las frutas
te abrazo y corren las mandarinas
te beso y todas las uvas sueltan
el vino oculto de su corazón
sobre mi boca
mi lengua siente en tus brazos
el zumo dulce de las naranjas
y en tus piernas el promegranate
esconde sus semillas incitantes
déjame que coseche los frutos de agua
que sudan en tus poros
mi hombre de limones y duraznos
dame a beber fuentes de mel
ocotones y bananos racimos de cerezas
tu cuerpo es el paraíso perdido
del que nunca jamás ningún dios
podrá expulsarme

rachel omena

Reticências

Reticências

Cristal de uma mulher!!!

Alma de poeta
coração de mulher,
por isso mesmo
vive a poesia
em sua magia
mais pura.

Tens também
por serdes
mulher-poeta
a sensibilidade
de um lírio
na pureza de
sua castidade.

A música mora
em seu coração
de natureza afroditiana,
a poesia em sua
forma mais liquida
dança devaneios
românticos em
sua alma feita
das fibras febris
da paixão.

Erotismo em
forma de mulher,
trovadora do
deleite sensual,
entoas em seus
lábios curvilíneos
os versos das canções
que exaltam o prazer
orgástico na sua mais
doce essência.

Cristal de uma mulher
onde as luzes do
regozijo da fêmea
o atravessam para
iluminarem o mundo
dos homens que delas
carecem desesperadamente.

Cisne branco que nada
soberbamente sob o
lago cristalino da
anima humana, pássaro
frondoso com canto de
sereia que arde em seu
peito encantando-me,
enquanto o escuto
e navego na nau das minhas
visões dionisíacas.

- ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS.
sexta-feira, 7 de junho de 2013