sexta-feira, 1 de abril de 2011

A PROCURA




Nos momentos em que buscamos a nós mesmos
sentimos o cansaço e a confusão que criamos
entre jogos de sentimentos retidos por um tempo
que não voltará jamais, e perguntamos o que fizemos
de nós mesmos se nem ao menos conseguimos
similar o existente do não existente!
Os versos são caixinhas carregadas de palavras
que em um tempo o amor ou a solidão fracionaram
uma comunhão entre o céu e o inferno de cada um.
Em tudo sabemos e podemos acreditar que o amor é o verbo
que conjugamos entre a luz e a esperança de viver!

Esperei por mim mesma
queria me abrigar nas torres de meus pensamentos
altos e distantes longos e vagos
queria do silêncio a face que não me mostraram

Amanheceu
e o quadro iluminou os meus mais imensos recantos
de um sol recém-nascido com essências cristalinas

Anoiteceu
e o quadro escureceu de um azul recém-morto
de fraguimentos pintado de negro
esperei por mim mesma enquanto era sol
agora se faz lua não pertenço a rua
eu prefiro dormir desejos de paz
estou numa infinita procura tento me encontrar

La procura

Esperé por mi misma
quiérame abrigar las torres de mis pensamientos
altos y distantes largos y vagos
quería del silencio la paz que no me mostraron

Amaneció
Y el cuadro iluminó mis más inmensos encantos
y un sol recién nacido con esencias cristalinas

Anocheció
Y el cuadro oscureció de un azul recién muerto
en fragmentos pintados de negro
esperé por mi misma en cuanto era sol
ahora se hace luna no pertenezco a la calle
yo prefiero dormir deseos de paz
estoy en mi infinita búsqueda
intento me encontrar


18 comentários:

  1. O amor é mesmo a palavra chave em nossa vida!.. Tudo muito lindo por aqui!
    Beijocas em seu coração Rachel!

    ResponderExcluir
  2. Precisa e fantastica definição desta nossa busca constante do nosso eu, passando pelas façanhas do amor e na auto analise de ser.Lindo demais,adorei.Meu abraço de paz e luz.

    ResponderExcluir
  3. Minha querida

    Como o teu texto me falou à alma...a nossa eterna procura...por nós, pelo amor, por nos encontrarmos connosco, adorei e deixo um carinhoso beijinho.

    Sonhadora

    ResponderExcluir
  4. Maravilhoso minha amiga,lindo para ser mais exata.
    Eu me encontrei, agora estou me lapidando rs.
    Um exelente fds minha flor.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Amor é o verbo...
    Amor é a luz...
    Amor é a esperança...
    Amor são gotas de vida!

    Beijo

    ResponderExcluir
  6. Boa noite, querida amiga.

    Adorei!!
    "O amor é o verbo... Lindo, lindo"

    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  7. A procura de nós mesmas é incessante!
    E quando pensamos que nos encontrámos, algo nos faz perceber que estamos erradas e não era ainda o momento.
    E a busca pelo Eu, continua...sempre!

    Beijinhos de luz ...de Luar!

    ResponderExcluir
  8. O amor, através do teu poema, tomou conta de todos os sentidos!
    Muito lindo!!!
    Adorei cada cantinho do teu blog!
    Beijo carinhoso
    Bea

    ResponderExcluir
  9. Mi estimada Raquel, he dejado en mi post traducido en portugués, espero que esté correcto.
    Recibe mi ternura
    Sor.cecilia

    ResponderExcluir
  10. Amiga o amor é tudoo.Faça dos obstáculos degraus para aquilo que você acha supremo,vc é uma benção teu blog também, uma linda semana com toda sorte de benção!

    ResponderExcluir
  11. Precioso tu poema, dusculpa que no te lo comente en tu lengua, lo entiendo pero no lo escribo.

    Besos y gracias por tu visita.

    ResponderExcluir
  12. Seu blog é uma delicia de visitar. As flores nos fazem bem. Abraço

    ResponderExcluir
  13. Vejam! Faço magia!
    Com esta caixinha de simples cartão
    Não se iludam, nem pombas ou coelhos
    Não há truque...perdão!?

    E então?! Que emoção
    Encontrei algo aqui neste bolso esquecido e roto
    Espera aí o que é isto meus senhores?!
    Ah...! É uma pedra mágica que pensei ter dado em mar revolto

    E vou cantar uma adivinha
    Vou desenhar uma ideia minha
    Vou inventar uma musica em surdina
    Vou dançar sem bailarina


    Mágico beijo

    ResponderExcluir
  14. Passar por aqui é sempre prazeroso, um encantamento

    beijos

    ResponderExcluir
  15. Querida Raquel!
    Passei para agradecer pela visita e veja com o que me deparo? lindos os seus blogs, lindos mesmo!
    Paixão à primeira vista. Virei seguidor e vou voltar para visitá-los com mais tempo.
    Beijo carinhoso do Milton (Posts à Beira Mar)

    ResponderExcluir
  16. Hola, íntimo y bello blog, profundas entradas, si te gusta la palabra en el tiempo, la poesía,te invito al mio,será un placer,es,
    http://ligerodeequipaje1875.blogspot.com/
    gracias, buen sábado, besos cómplices...

    ResponderExcluir
  17. Saudades
    que bom estar contigo sentir o teu carinho



    O selo .é o meu presente...






    C omeço por dar os parabéns
    E é lindo chegar a estes números
    M uitos anónimos passaram na África em Poesia

    M uitos amigos vieram dar um beijo
    I limitada a minha felicidade
    L inda esta ligação bem forte...

    V im a medo para a blogosfera
    I maginava que não ia ficar
    S em grandes ambições vim e adorei
    I mediatamente chegaram amigos
    T antos e tão bons que agradeço...
    A braço-vos neste momento
    N ão deixaremos de brindar com champanhe
    T eremos o saboroso bolo de chocolate
    E é graças a Vós que guardo no coração 100.000
    S erei sempre vossa amiga-Gosto muito de cada
    um de vós!...ao vitor um beijo especial


    LILI LARANJO

    ResponderExcluir
  18. Hola, me gustaría que leyeras mi última entrada y comentaras, te asombrarás.
    http://anywhereworld.blogspot.com/2011/04/la-vida.html

    ResponderExcluir

Onde existe luz também existe sombras

Reticências

Reticências

Cristal de uma mulher!!!

Alma de poeta
coração de mulher,
por isso mesmo
vive a poesia
em sua magia
mais pura.

Tens também
por serdes
mulher-poeta
a sensibilidade
de um lírio
na pureza de
sua castidade.

A música mora
em seu coração
de natureza afroditiana,
a poesia em sua
forma mais liquida
dança devaneios
românticos em
sua alma feita
das fibras febris
da paixão.

Erotismo em
forma de mulher,
trovadora do
deleite sensual,
entoas em seus
lábios curvilíneos
os versos das canções
que exaltam o prazer
orgástico na sua mais
doce essência.

Cristal de uma mulher
onde as luzes do
regozijo da fêmea
o atravessam para
iluminarem o mundo
dos homens que delas
carecem desesperadamente.

Cisne branco que nada
soberbamente sob o
lago cristalino da
anima humana, pássaro
frondoso com canto de
sereia que arde em seu
peito encantando-me,
enquanto o escuto
e navego na nau das minhas
visões dionisíacas.

- ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS.
sexta-feira, 7 de junho de 2013