domingo, 15 de dezembro de 2013

EXISTÊNCIA



Eu deixei cair o meu amor sobre ti
 e fiz de ti um poema de prazer
 um desejo que não poderá apagar de tua pele
porque te fiz meu e só para mim
E deste amor 
és tu meu milagre que
 navega os sentidos de meu corpo
 magia pura e doce fulgor
constante e embriagante
que abraça minhas ilusões e
mergulha neste desafio
dentro desta alma que vive em mim
  e em meu destino
 
 Com tua voz me chamas de sentimento
dizendo em um só suspiro
teu amor é tão somente meu
He dejado caer mi amor sobre ti
he hecho de ti un poema de placer
de un deseo que no se podrá borrar de tu piel
porque te hice mío y solo para mi
Y en este amor vivo y verdadero 
eres tu mi milagro
que navega los sentidos de mi cuerpo
magia pura y dulce fulgor
constante y embriagante
  que abraza  mis ilusones y emerges con desáfio
dentro de este ser que vivi en mi
y en mi destino
Con tu voz me llamas de sentimiento 
diciendo en un suspiro
tu amor es tan solamente mio

22 comentários:

  1. E viva o amor com muita alegria \o/

    bjokas =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Belzinha vc é como uma flor que sempre viva vive em nossos corações querida amiga...sempre amiga...

      Um beijo amada

      Excluir
  2. Oi Rachel,cada vez que chego aqui,me encanto com seus poemas.
    Delicados e sempre com uma pitada a mais de muita paixão.
    Linda música.
    bjs amiga
    Carmen Lúcia-mamymilu

    ResponderExcluir
  3. Hola mi buena amiga Raquel, lindo poema,que nunca se escape ese amor.
    Un abrazo
    Sor.Cecilia

    ResponderExcluir
  4. O amor é lindo, quando acompanhado com um sorriso é magnífico!
    Com um sorriso e o meu abraço, passei por aqui.

    ResponderExcluir
  5. RACHEL QUERIDA !!! ESQUECESTE DO AMIGO !!! NUNCA MAIS VIESTES ME VER GOSTO MUITO DE VOCÊ ! E COM SAUDADE ESTOU LINDO POEMA !!! DESEJO-TE MUITAS FELICIDADES MUITA PAZ E QUE ESTE AMOR QUE TÃO BEM TRADUZES TE FAÇA MUITO FELIZ UM BEIJO CARINHOSO DO AMIGO DE SEMPRE Pedro Pugliese

    ResponderExcluir
  6. LETRAS QUE DESIGNAN UNIÓN ETERNA.
    BESOS

    ResponderExcluir
  7. Lindos lábios a sorrir,
    Existência continuidade,
    Permanecer não desistir
    Amor, alegria, felicidade,

    Os teus poemas minha amiga,
    Todos bem cristalizados
    Escritos por mulher bonita
    De beleza super personalizados.

    Se na verdade não me engano,
    Todos se referem ao amor
    Tão belo,sobre verde manto
    O teu corpo é um jardim em flor!

    Daqui de Portugal,
    Bom domingo te desejo,
    Que seja algo especial
    Para ti envio um beijo!
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  8. Aqui passeando entre teus cristais de mulher tão humana,percebe-se sensivelmente o quão é bela a tua alma.
    O zelo em cada pequenino detalhe, o aconchegar aos amigos, as palavras escritas por um coração que verdadeiramente sente.

    Sinceramente é admirável e prazeroso testemunharmos que apesar da feiura do mundo em que vivemos, ainda existem pessoas especiais e que fazem diferença por onde passa e em tudo o que faz.

    Aplaudimos-te Poetisa por tua genuinidade,tua autenticidade.

    Um BEM HAJA!

    E um abraço com votos de que tua nova semana seja repleta de luz

    ResponderExcluir


  9. Si en algún momento la melancolía
    llama a nuestra ventana recordemos:
    que siempre habrá un pájaro que nos cante,
    un niño que nos sonría y una mariposa
    que nos brinde su belleza…
    …y el paisaje cambiará de color.

    ¡¡Feliz mes del amor y la amistad!!

    En "Mis caricias del alma" he dejado unos presentes,
    si te apetece verlos por si alguno te pudiera encajar,
    lo dejo en tus manos. Gracias!!


    Un abrazo
    con el rocío del afecto.


    Atte.
    María del Carmen


    ResponderExcluir
  10. Ilustre Poetisa,
    Adorei mais este belo e maravilhoso poema, EXISTÊNCIA, tal como as formas de amor, diversas e belas.
    SETE FORMAS DE AMOR

    AMIZADE
    verdadeira e profunda
    na qual a pessoa se sente bem
    onde a paixão não abunda
    e compromissos não tem

    PAIXÃO
    algo intenso,magico,
    mas sem o componente
    de compromisso de amor, pode ser trágico
    e ela desaparece, fica ausente

    AMOR VAZIO
    não possue amor nem intimidade
    e apenas um compromisso,
    um acasalamento por interesse e comodidade
    ou a perda de um forte amor submisso

    AMOR ROMANTICO
    liga emocionalmente os amantes
    como na verdeira amizade,
    cheio de intimidades constantes
    e forte na sexualidade

    AMOR COMPANHEIRO
    é um puro sentimento,
    que existe nas familiares relações,
    em amizade profunda de contentamento
    sem sexualidade nem provocações

    AMOR INSTITIVO
    é o amor carnal,
    um compromisso motivado pela paixão
    sem intimidade, mas somente sexual
    onde a cumplicidade é a forte razão

    AMOR VERDADEIRO
    é a base do relacionamento ideal
    que todos humanos desejamos alcançar
    e por ser um bem essencial
    leva os amantes a casar

    Porém, se não tiver expressão
    mesmo o maior dos amores pode morrer
    quando lhe faltar a paixão
    e amor companheiro fica a ser.

    A adicionei em meu bloh.
    De Bangkok com amizade.

    ResponderExcluir


  11. Si quieres la luna, no te escondas de la noche.
    Si quieres una rosa no huyas de las espinas.
    Si quieres amor, no te escondas de ti mismo…

    Un abrazo lleno de energía positiva,
    para celebrar a tu lado
    con alborozo el fin de semana.


    Atte.
    María Del Carmen


    ResponderExcluir
  12. origamiiptaki.blogspot.com zapraszam:)

    ResponderExcluir

  13. Existir vai além de Viver!

    (Post Novo; Passa Láh)


    http://marcellyrosa.blogspot.com.br/ M.R ♥

    ResponderExcluir
  14. Magnífico poema.
    Gostei, como sempre.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  15. Olá, querida Raquel
    O amor nos inspira e vc o faz com todo o seu ser... apaixonadamente...
    Bjm fraterno

    ResponderExcluir
  16. Lindo e muito romântico teu poema! Adorei! beijos, ótimo fim de semana,chica

    ResponderExcluir
  17. Oi Cristal
    Quantas saudades
    Você está cada vez mais linda.
    Poetizando como ninguém.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  18. Minha querida

    Como sempre um poema que desperta emoções. Muito belo e escrito com a alma.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  19. O amor sempre inspirando os poetas.Belo!

    Beijinho.

    ResponderExcluir
  20. Minha querida maninha Rachel.
    Hoje fiquei feliz em saber que se preocupa comigo e acima de tudo
    me ama da forma que eu sou.
    Nós vivemos juntos momentos tristes da sua vida
    estive de alguma forma junto de si vivendo cada dia de sofrimento.
    Mana sinto muita falta de você r sem conseguir te ligar a tanto tempo
    a Tim daqui ñ se consegue ligar nem dentro da cidade mais.
    O único que ainda da para falar caindo muito é da vivo quase morta também.
    Tenho ideia da sua preocupação comigo amada
    eu sequanto a gente sofre quando estamos sem noticias das pessoas que amamos.
    Amada se vc ainda tiver celular da vivo por favor me mande no meu emil.
    acabei de fazer um pacote tanto fa eu ligar uma vez como ligar o dia inteiro o valor é sempre o mesmo.
    A algum tempo também não tenho mais noticias sua.
    um beijo com carinho e saudades,.
    Evanir.

    ResponderExcluir


  21. Mantén los ojos fijos en las estrellas
    y la esperanza floreciendo en el corazón,
    mientras los sueños que persigues
    se adhieren al seno de la ilusión…

    Te envío un abrazo desde la distancia
    con la mano puesta en los sentimientos,
    para desearte un magnifico miércoles!!

    Atte.
    María Del Carmen


    ResponderExcluir

Onde existe luz também existe sombras

DE SUA POESIA

Afortunados são os que tem a capacidade de escrever poesia e fazer seu outro oficio,e também são aqueles que o leem e constroem um refugio onde refrescam seu espírito com a bebida gratificante de palavras e sentimentos, que eleva seu espírito até um céu limpo de nuvens onde só brilha a luz de sua inspiração. Uma obra de arte é boa se há nascido ao impulso de uma íntima necessidade.

Precisamente neste seu modo de engendrar-se radica e estriba o valor da poesia, porque explora as profundidades de onde mana a vida. Alí radica a historiada beleza da poesia, a que coabita o humano e para o humano, a que vá escrevendo paralelamente a história da humanidade. E neste ordenamento perfeito do caos, que antecede a beleza e se concebe a grandiosa poesia.

Muitas vezes me perguntei em meio destes desvelos que me perseguem e que me anuncia a aparição da palavra ¡ Que misteriosos meios, de sopros desconhecidos e germinais movem a este grupo de pessoas a resgatar ”tempo do tempo” para acudir inverno e verão, embaixo da chuva persistente ou um sol que transpassa, a cumprir com uma missão irredutível de escrever poesia.

È muito difícil dar uma opinião sobre o proveito da poesía individualmente; depende de fatores particulares do poeta. Pode ser a concreção de uma necessidade essencial, uma maneira de ver e mostrar o mundo, uma maneira de sentir junto com outros. Do que vou fazer, fazendo este prólogo deste trabalho solitário, silencioso e inspirador que realiza a escritora brasileira Rachel Rocha Omena (Maceió Alagoas). Recebedora deste portentoso mistério, onde recolhe a beleza que sente seu espírito, traslada a palavras com sua máxima expressão . Em cada um de seus poemas nos demonstra que a poesia é como a água que sustenta a terra. Porque atrás da palavra está o sopro poético, e a sombra invisível que forma a arquitetura das paisagens interiores do homem, que constitui a verdadeira essência do ser, que se cobre e dialoga dentro de nós mesmos.

A poesia é a instauração do ser com a palavra. Exatamente é assim. O cristal de uma mulher se transforma e se converte em beleza . Nos eleva ao universo que para a escritora é como uma infinita galeria de arte , de pequenas e grandes obras maestras que sustentam o frágil e as vezes o miserável espectro de nossas realidades. Sente em cada verso a necessidade de ligar e conciliar o mundo com o universo onde habita a harmonia como pedra angular da beleza . Levando a poetisa a estabelecer seu mundo desde onde inicia a construção de seu próprio edifício para abrir a janela das escuridões para a luz, a elevação do cotidiano as comarcas da beleza, assim, a chuva sobre o jardim, o cantar dos insetos nas noites, a espuma e o cheiro do mar ao romper na praia , o aroma do pão ao ser cozido, o homem urbano e seus fantasmas diários, o amor, a ternura, a alegria, todas as pequenas e grandes coisas que fazem uma alma ir repetível poético . Rachel Rocha Omena é uma das escritoras mais peculiares da nova literatura de Alagoas. De versos amatórios vibrantes por seu romantismo e por sua perpetua forma de amar. Leve como suspensa no tempo, os textos e a paisagem. Narrativo do amor que nos transmite laboriosa a cultura das palavras, nos produz o encanto e a serenidade que somente emerge de uma constante harmonia interior.

Há uma linguagem plena de desfrutes do carinho, da generosidade de compartilhar sentimentos , que faz que aflore em cada um dos leitores sentimentos e emoções que voam como uma pluma para os profundos e misteriosos filtros do amor. Esta é a ação e reação alquímica que produz fascinação e fará que nos cerque como espectadores a seu poema a cada momento.

O mérito a sua poesia é como se saíram cristais de sua boca. Palavras de cristais, que encandeiam e encantam e caem no resplendor da memória do leitor. Tem uma trajetória poética pela precocidade e a intensividade e que vence assim a diáspora do tempo nesta terra que há deixado a seus cantores da palavra.

Sua melhor qualidade reside em ser o centro mesmo da claridade e as inspirações do homem, de seu abismo e de seus sonhos mais altos.


Víctor Manuel Guzmán

Maceió Alagoas, 11 de janeiro del 2011

Reticências

Reticências

Cristal de uma mulher!!!

Alma de poeta
coração de mulher,
por isso mesmo
vive a poesia
em sua magia
mais pura.

Tens também
por serdes
mulher-poeta
a sensibilidade
de um lírio
na pureza de
sua castidade.

A música mora
em seu coração
de natureza afroditiana,
a poesia em sua
forma mais liquida
dança devaneios
românticos em
sua alma feita
das fibras febris
da paixão.

Erotismo em
forma de mulher,
trovadora do
deleite sensual,
entoas em seus
lábios curvilíneos
os versos das canções
que exaltam o prazer
orgástico na sua mais
doce essência.

Cristal de uma mulher
onde as luzes do
regozijo da fêmea
o atravessam para
iluminarem o mundo
dos homens que delas
carecem desesperadamente.

Cisne branco que nada
soberbamente sob o
lago cristalino da
anima humana, pássaro
frondoso com canto de
sereia que arde em seu
peito encantando-me,
enquanto o escuto
e navego na nau das minhas
visões dionisíacas.

- ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS.
sexta-feira, 7 de junho de 2013