terça-feira, 1 de março de 2016

GEOGRAFIA


Tenho minha alma inquieta
 quando tu me devora a calma
 Carregada de magia está
 tua tormentosa mão
que acaricia o céu de minha silhueta
atravessando montanhas de calor
 correndo minha carne febril e
descobrindo meu tesouro de ondas
 Fora de meus limites tu
és o meu iluminado e
 dentro de minhas entranhas
 lapidas minha consciência forrando de luz
o caminho desta viagem energética
Formando um universo de estrelas que brilham
como rubis dentro da dimensão do meu ser
Teu fogo evoca pura fibra e me desnuda
a pele, mergulhada de suor e prazer
Meu sangue vai desmaiando
 dentro de minhas veias
como janelas embriagadas de sereno
buscando dentro a geografia de meu corpo
os nossos frutos, onde és dono e senhor
Sou a semente
que inquieta tua alma
 dentro do dia e da noite
guerreiro incansável
 homem de amor
 cupido de nossa história 
Descobri a vida dentro dos olhos de tua alma
e juntos germinamos a felicidade.


2 comentários:

Onde existe luz também existe sombras

Reticências

Reticências