quarta-feira, 14 de novembro de 2018

CABALA V


Caminhe na verdade!
Você é uma criação, um amanhecer dourado,
caminho a muitas criações...
Você pode iluminar-se ou apagar-se,
escolha entre a noite e o dia o amor ou o ódio... 
decida qual o elo, a alquimia do acaso.
Tudo é infinitamente o teu universo
Na realidade as causas alimentam efeitos. E tudo se realiza.
Somos jardins e esferas superiores de nossa realidade,
colunas complementares de conhecimento metafóricos.

O Homem a Mulher, fogo e água,
um pilar de suavidade como equilíbrio de duas forças.
O oposto a seguridade da vida, mas, em um só!
Quando só estiver eu e você, esqueça o mundo,
se liberte, me liberte!

Sou a energia do corpo que me cura
que cura o corpo e a alma....eu sou o amor!
Sou a consciência absoluta, conheço a perfeição
Sou o plano e sua conclusão
Sou o mecanismo em desenvolvimento da alma
Sou o poder da renovação e transformação metamorfósica
Sou o deslumbre da imortalidade

Agradeço,
ao mundo espiritual, por ter salvo a minha alma da morte
os meus olhos das lágrimas, e a meus pés de entrar nas trevas.
Nada sou sem barreiras e obstáculos como existência física, mas,
como ser espiritual sou o canal de muitas vidas!
Sou o que tenho, e o que me resta ter!



sábado, 6 de outubro de 2018

EMBRIAGADA DE SAUDADE






Depois desta guerra
conjugo meu verso ao tempo
onde dorme a noite acidentada de saudade
Minha boca se embriaga do vinho doce
na certeza que ao amanhecer espera pelo sol

Mas, neste momento minhas forças se esgotam
pelos pensamentos que formam infinitos duelos

  Olho minha janela iluminada pelo neon da lua
e bebo do deserto sonâmbulo
desta saudade





quinta-feira, 4 de outubro de 2018

RETICÊNCIAS




Vem brincar comigo
correr os dedos nas ruas platinadas de minha nudez
Sentir e viver a pele suave e quente
soprando em mim um sussurro
como lenitivo a minha alma

Não te preocupa em entender
submerja para ultrapassar o entendimento
e qualificá-o para amar-me
Guarde o tempo e seus segredos
lance as cartas para as preliminares

somando forças agradáveis à procura
Aprecie o momento
homem que conhece as esquinas do meu infinito
porque a ti escrevo
para te sentir com o coração
Tire as peças, mova e corra os espaços,
esse que te leve a apanhar- me
entre sons repetitivos, perturbadores,
ofegantes

Me diga
Se me descubro!



segunda-feira, 24 de setembro de 2018

NÓS




O segredo da noite
É saber que estarei ai, junto a ti
Nosso só nosso, um segredo...
Ao pensar em mim, me transporto.
Sinto sua energia em mim
Parto de onde não saí, pois contigo estou.
A noite já chegou... verão  de cigarras.
Ouça o canto nas árvores recheadas de nós
Ilumino-te na luz do vagalume
No canto a envolvo e a devoro
Somos um, rolando na imensidão do orvalho.
Que debaixo do carvalho
Deixa cair à gota que nos torna cada vez mais um.
Separar impossível.
Identificar quem na mistura ficou, impossível .
Eu sou você , você sou eu, somos um.
No canto da flor, na luz da cigarra
Tudo se resume em nós...
Não existe mais você, eu não mais existo,
Nós no segredo da noite.

Vasco Balthazar

sexta-feira, 31 de agosto de 2018

NO MEU SONHO




A noite não pode se esconder do meu sentir
colher as estrelas que do céu
de tua boca desejo ter

Na flor esplendorosa que flutua uma
brisa desde este céu, para as margens
de um rio fogoso e doce na tua boca

Neste entrelaçado olhar apaixonado e febril
 amantes esperam o abrigo da luz

Viajo no corpo do meu amado
e posso desfrutar deste sonho ardente
sentindo um perfume silene de uma sinfonia
deleite eterno no corpo esperado

Meu sonho é náufrago em noites
 de temporal, nas estrelas  
profética e mística densidade doada
que espera, espera pela luz do amanhecer
que surgi por trás de nossas noites


RETRATO NA PAREDE



Sob o céu de meu mundo, me deixei pintar
No retrato em branco e preto que me fez o pintor
traço a traço me traduziu.


Sou nuvem, sou árvore
Sou da vida, a história
Sou um nascer do dia no lugar exato
Sou cachoeira de águas cristalinas
Sou a águia que voa na sua liberdade
Sou passageira de algum trem veloz
Pintou meus olhos flexíveis de paixão
De uma lógica singular me fez sol fractal
Da etérea existência me fez espaço luminoso
Da vida colorida e emotiva me fez inteligência


Na ausência do meu amor sou teu travesseiro
Na ausência das tuas palavras sou teu poema
Na ausência do meu cheiro sou eu o teu perfume


E por fim o pintor pediu ao universo para cobrir- me
com o véu das flores, do frio que aquece e do calor que arde.


terça-feira, 21 de agosto de 2018

SUBMERGINDO AO SONHO



Nua e úmida, amarrada a teus braços
presa a este porto, descompassadamente,
você a medida certa.
Meus seios apertados em tuas mãos dançavam como
uma fonte luminosa. saciando nossa sede naquele universo real
Naquele momento eramos únicos, respirávamos água, sal e mel.
Momentos de um colapso de emoções profundas, que ardia
e harmonizava minha alma a tua.

No meu corpo aquecido de beijos,
tuas mãos tateavam o percurso desnudo,
à procura incansável de encontrar no meu delírio
a minha sanidade e entrega.
Teu corpo apertava o meu numa caricia preliminar
que aumentava a chama.
Teus olhos buscavam nos meus olhos, a música falada ao coração,
como algo que dizia, *de volta a casa*.
Tuas buscas eram bússolas que desbravavam caminhos e segredos,
agora deixei de me pertencer, para pertencer a nós dois.

Construído o jardim,
cultuamos com ardor a essência naquela tarde em meio ao bosque quando,
entre caricias e línguas entrelaçadas nos entregávamos sem perceber
que o tempo era um doce e singular açoite.
E lá no alto entre as árvores, a lua silenciosa contemplava e soprava
um harmonioso frio, que temperava nossos corpos loucos de amor.


terça-feira, 24 de julho de 2018

A ESPIRITUALIDADE DO AMOR




Com seus lábios carnudos que sinto 
nas noites frias que me levam até você
Quando na calada da noite atravesso o
espaço físico que nos separa num piscar de olhos. 
Sinto ele, como a fruta do pecado, apimentado mas doce
como o morango e a cereja.

Encho meus lábios com os seus, formando, 
uma única peça de puro prazer
Não me mexo e você aceita como seu fosse,
neste prazer onde o néctar escorre canto a fora.
O gozo de sua língua gera movimentos de prazer
que como nuvens são levados ao vento.
Me fazem sentir algo que com palavras
não sei descrever
Apenas sinto, no céu de minha boca, vejo,
mesmo de olhos fechados, estrelas cintilantes
de múltiplas cores.
Ao, com a mão tocar seu corpo, além das bocas entrelaçadas
em um beijo interminável, juntamos nossos corpos.
Como um, deslizando de forma lenta mas apaixonante,
cada vez mais.
Dois corpos fundidos no prazer da carne,
mas ligados a forma espiritual, que só
o momento poderia explicar.
Não há palavras, somente olhar
Não há corpos, apenas nós.
Nós que como um único ser, no prazer do momento
sentiu o que poucos tiveram o prazer de sentir
A paz de ter sem tirar
De dar sem perder
De completar um ao outro
Numa pura sintonia de amor.





De: Vasco Baltazar.


segunda-feira, 2 de abril de 2018

SACIADA



Em tua boca desenho meus beijos
sinto uma sintonia híbrida
sou predadora e desejo teus sabores
e, este beijo se faz meu, teu!
Meu corpo queima neste silencioso ataque
sinto o prazer de teus lábios
e com muita sede me sacio desde tua alma
puro instinto, conexão que alimenta o prazer
adaptando a ânsia incógnita
Viajo a bordo do cheiro desta lucidez
mistica ciência, vencendo explosões ocultas.

Nossas bocas se encontraram





domingo, 25 de março de 2018

CAFÉ E BEIJO



Calma meu pequeno anjo
porque salto entre as noites e madrugadas
delirando noites quentes e brisa na madrugada


Te penso com um café entre tuas mãos
e um doce olhar ao lembrar do meu nome
e desejo ser invisível
e intocável
para que termine a ausência
a espera, e as horas vazias.


O veludo da noite
cai suave com a doçura de um beijo
e imagino que me envolve com a leve textura
de tua saliva
generosa como água cristalina,
e então a largura do oceano
se faz nada
Hoje te devoro com meu verso
e te acaricio com minhas letras
te imortalizo em minha vida
para que me devolva a alegria
de chegar a viver este beijo.





sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

CHAMAS QUE ARDEM DENTRO DE MIM




Rasgando meu corpo
 junto ao teu
eu encontro majestade e utopia.
Lá fora a noite escura sonha com minhas entranhas
como passagem de rios que ardem entre minhas coxas
Já não existe você e eu
agora somos sinônimo de frequências inesgotáveis!

Eu posso agora.te chamar imaculado
pois meu sangue ferve dentro de tua boca
e eu me derramo quente
compassiva  delirante 
Meus seios são febris como o sol
dentro de uma pirâmide
Já não respiro 
sugaste meus sentidos! 




quarta-feira, 7 de junho de 2017

MEU AMOR MEU VERSO



 É muito bom amar você
lembrar de você tanto assim
Como pode?
OUÇO
uma música
você dança comigo
LEIO
você está nas entre linhas
PENSO
sinto você sorrindo pra mim
ESCREVO
você me inspira
SONHO
você está sempre ao meu lado
CONVERSO
mesmo camuflado ,você é o assunto
CAMINHO
sinto você ao meu lado
VIVO
constantemente
você
Isso significa que amo você?
Hummm....é muito bom amar você!
Sustenta a leveza que sente neste momento
nada mais próprio perante os sentidos
Aguçados sentimentos trazidos de uma noite
em plena realização de almas amantes
Corpos que ainda sentem o calor da noite
 que ainda continuam em chamas ardentes
e sustentando a clareza do sentimento

Alcanço a passos largos os olhos do meu amor
buscando em meu corpo
o que compõe no seu
a melodia do prazer presente


quinta-feira, 27 de abril de 2017

CABALA IV







Esotérico mundo codificado a um universo superior

suspenso entre criações resolutas e superável
Obstinado de paz e de renovados fundamentos
construtor de uma evolução absoluta
Na cabala não há duvidas nem incertezas
a guerra exclui o exterior, e inclui o interior humano.
Para que tanta luta !


O grande arquiteto é a essência

Desperta para conhecê-lo

Toquei a terra com meus pés, e
a água, o vento tocou minha pele,
recuei diante o calor e o fogo
escutei os sons e ritmos
vi formas e cores.
O mais importante que percorrer um caminho,
é permanecer sempre neste mesmo caminho
Os desafios e obstáculos não serão caminhos opostos e sim
a árvore da vida chamada, confiança!
Nesta dimensão vai acontecer equilíbrio,
beleza e harmonia.
Permaneça no objetivo.
A disciplina é o desejo de receber, quando
afastados os aspectos destrutivos
na busca real do que se deseja
Pronto! A porta foi aberta
agora viverá no entusiasmo e na euforia 
Chegando a esta dimensão alcançou o infinito
Derivado de luz
Essência firme da certeza
O milagre tornou-se possível. 
 



domingo, 2 de abril de 2017

EMBRIAGADA


Noites que me embriagam do mais puro vinho


Pensamentos conquistam espaços dentro de mim
tatuando sorrisos e lágrimas
em um encontro impetuoso
Alinhamento de imagens em
forma de felicidade buscam
um mundo entre o sol e a brisa para nós dois

Um pacto entre amantes se rompe
da escuridão para claridade da alma
 abraçando os jardins do coração

Um despir-se uma entrega
sou mulher e sou amada

Agora dentro de ti escrevo um poema
romântico cru e nu
Paixão, fervor, intensidade
pensamentos e desejos pulsantes
Desejos de ternura e sexo descritos
trajeto de prazer sobre um corpo de mulher


Sou aquela dentro de meus estandartes
coberto de teias onde corta a colheita
 flocos azuis celestes
trigal que multiplicam meus dias calmos
em um corpo de luz
corpo esplendoroso

Mirando meu espelho inundo o ar
e origino o âmbito do marfim
e viajo entre florestas fechadas de orquídeas
envolvendo rios onde minha alma descansa
na felicidade que reparte a virtude do porvir
consumindo meu interior em formosura


Meus beijos saem em silêncio
e repousam em tua boca
deixando tatuado o sabor do fogo da paixão
Tuas mãos são veludo sensoriais
que me fazem estremecer
vibrar no sótão de meu coração
na gaveta de minha alma
no baú de minhas emoções






quarta-feira, 15 de março de 2017

METAMORFOSE


Há, tu que me entende
vai além do meu entendimento
e submerge minha alma ao conhecimento
locando minha mente do sobrenatural

onde minhas veredas floresça a pineal, e

que seja esta viagem formosa e sedutora.

Parceira de meu futuro
pássaro que embriaga minha fortaleza
eles cantam
cantando colibris 
eles, beijam as flores de minha consciência
e é a flor mais linda de meus jardins encantados
voam, mergulham e beijam seu próprio voo
recordando a viagem do Amor.

Já tudo passou
não há dor nem cor no universo metafísico,
metamorfoses cambiam o dia e a noite
não já existe.

Reticências

Reticências